Hester Peirce e Novas regras para SEC

Hester Peirce e Novas regras para SEC

Hester Peirce, comissária da Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos, diz que o regulador pode não conseguir sobreviver se simplesmente incorporar ativos digitais em sua estrutura regulatória existente.

Em uma entrevista com o diretor administrativo do Banco Santander, John Whelan, para a conferência online ‘Ethereum in the Enterprise – Asia Pacific’, Peirce disse que a SEC poderia aprender com outras abordagens sobre a regulamentação das criptomoedas, citando especificamente o Wyoming como um regulador extremamente progressivo. O conselho bancário do estado aprovou licenças para empresas de criptomoedas como Avanti e Kraken, recentemente.

Em contraste, no nível federal, Peirce disse:

“As empresas de criptomoeda e blockchain poderiam gastar muito dinheiro, muito tempo e muito sofrimento esperando por uma decisão regulatória da SEC sem obter os resultados que desejam.”

Peirce também disse que a estrutura regulatória existente da comissão pode não ser capaz de acomodar um espaço tão inovador.

Peirce acrescentou:

“Eu absolutamente acho que precisamos de novas regras. Nossas leis de valores mobiliários são projetadas para serem bastante flexíveis para resistir ao teste do tempo e acho que em grande parte eles resistem. No entanto, eu realmente acho que existem alguns problemas que as criptomoedas levantam que não são resolvidos de forma ordenada por nossas leis de valores mobiliários existentes. Eu gostaria de ver um pouco mais de inovação no lado regulatório.”

Peirce já havia dito que o órgão regulador era “muito lento em dar orientações”, apesar de um cenário em rápida mudança. No entanto, ela encorajou as empresas a abordarem a comissão, citando a rara emissão pela SEC de uma carta sem ação para ofertas de moedas. A SEC emitiu três dessas cartas afirmando que “não recomendará ação coercitiva” contra uma plataforma que emite uma moeda digital.

Peirce iniciou seu segundo mandato como comissária da SEC em agosto e permanecerá no cargo até 2025.

Veja mais em: Criptomoedas | Notícias

Compartilhe este post

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *