Honeywell terá ‘mecanismo de pesquisa’ em Blockchain para dados da indústria aeroespacial

Honeywell terá 'mecanismo de pesquisa' em Blockchain para dados da indústria aeroespacial

Um sistema baseado em blockchain foi criado pela Honeywell International Inc. O objetivo é resolver os complexos processos de documentação e armazenamento de dados da indústria aeroespacial.

Então, a empresa anunciou que a GoDirect Trade, sua subsidiária de blockchain, passará a integrar em seu sistema de blockchain, o processo de geração de registros de aeronaves. Assim, isso permitirá que os clientes da Honeywell pesquisem peças aeroespaciais e dados de serviço por meio de sua interface.

Tratamento de dados mais eficiente

Atualmente, os dados relacionados a peças e serviços aeroespaciais estão espalhados por sistemas de computador e cópias impressas. Então, o resultado disso é que empresas e operadoras de linhas aéreas, às vezes, perdem documentos importantes que são cruciais para provar a legitimidade das peças.

Lisa Butters, gerente geral da GoDirect Trade, disse que em entrevista que, usando a blockchain, a Honeywell pretende registrar todos os dados relacionados às milhares de peças aeroespaciais que fabrica e repara todos os dias. Butters disse:

“No setor aeroespacial, essa é uma tecnologia revolucionária. Simplificará e transformará a manutenção de registros para proprietários de aeronaves e companhias aéreas em todo o mundo.”

Ao gravar todos os dados em um único lugar, a Honeywell espera facilitar o processo de pesquisa e acesso a dados. Aos que são relacionados a aeronaves, e então, tornar o tratamento de dados mais eficiente para seus clientes.

Além disso, é alegado pela Honeywell que no caso de documentos ausentes, os clientes agora poderão reconstruir os dados e documentos da peça da aeronave inserindo o número da peça e o número de série em sua aplicação. Butters acrescentou dizendo:

“A oferta da Honeywell é como um mecanismo de busca, mas funciona para tudo e qualquer coisa relacionada a peças e serviços de aeronaves.”

Veja mais: Blockchain | Notícias

Compartilhe este post

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário