Investimentos durante a pandemia

Investidores durante a pandemia

Durante a pandemia, é possível fazer investimentos, mas deve estar focado para não entrar em pânico. Apesar de tantas dificuldades e novidades trazidas com a pandemia do novo coronavírus, uma grande pergunta tem sido feita por diversos investidores: se a pandemia pode oferecer oportunidades em meio a tanto caos.  Os investidores, apesar de já acostumados com situações imprevisíveis, estão lutando contra essas dificuldades trazidas pelo COVID-19.

Mas, apesar das dificuldades, a resposta parece ser positiva. Essas situações extremas parecem oferecer diversa oportunidades de investimentos, não importando o tipo de ações a investir! O necessário é possuir habilidade de manter o foco para que o pânico não atrapalhe a tomada de decisões.

Aprendendo com o Bitcoin

Usando o bitcoin como exemplo, em 2019, antes do início da pandemia, os preços da criptomoeda eram maiores que US $ 13.800. Em março de 2020 o preço do Bitcoin teve uma queda considerável para aproximadamente US $ 3.850.

Esse tipo de queda já havia acontecido no mundo das criptomoedas, em que se pode citar a queda ocorrida no mês de dezembro de 2017, quando o Bitcoin estava sendo avaliado em U$ 20.000, e um ano depois possuía valor de U$ 3.100. Quem investiu na moeda nessa época, pôde observar o seu investimento quadruplicar.

Atualmente, a criptomoeda vem recuperando de sua queda de valor, pois a mesma ocorreu devido pânico causado pela situação pandêmica. E, à medida que o medo vem sendo controlado, a confiança na criptomoeda retorna, e junto seu valor.

O investimento feito no momento de queda de preços não é uma ideia nova. O investidor Nathan Rothschild, conhecido por seus grandes investimentos, disse ter aproveitado momento de pânico após batalha de Waterloo para realizar investimentos: “a hora de comprar é quando há sangue nas ruas”. Seguindo essa ideia, existem diversos outros investidores renomados que aproveitam momentos de situações adversas, como o atual momento promovido pelo COVID-19.

Os famosos líderes Warren Buffet, Kevin O’Leary e Ray Dalio são exemplos de controle durante crises de mercado. Eles recomendam ter foco e controle no desejo de venda. Ainda dizem que é necessário analisar tendências antes de realizarem compras nas épocas de baixas de mercado, para que os ganhos sejam potencializados futuramente.

Não só no mundo das criptomoedas, os investimentos nessa difícil fase podem ser aplicados em empresas de diversos ramos, uma vez que a crise traz necessidade de criação de jogos de cintura em resposta à instabilidade. Uma grande quantidade de startups estão procurando soluções. Isso tudo torna elevada e diversificada a possibilidade de investimentos durante a pandemia.

Investidores durante a pandemia

Opções de investimentos digitais

Com a desvalorização das moedas de grande valor, como o dólar e o euro, as opções de investimentos tradicionais podem não ser opções tão boas como geralmente são fora de crises. Os investimentos em criptomoedas não estão livres de sofrerem tais desvalorizações. Mas, enquanto a pandemia do novo coronavírus não acaba, os movimentos bancários têm chance de reduzirem devido ao medo de perda, e com isso, os investimentos digitais crescem. Sendo esse, portanto, um momento oportuno para investidores de criptomoedas, pois elas têm um histórico muito positivo de recuperação pós crises, podendo gerar um grande retorno.

Veja mais em: Criptomoedas

Compartilhe este post

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário