Japão é o candidato principal para a nova sede da Ripple

Japão é o candidato principal para a nova sede da Ripple

O CEO da gigante financeira japonesa SBI Holdings, Yoshitaka Kitao, disse que o Japão é o país mais provável para o qual Ripple se mudará, caso deixe os Estados Unidos.

Em uma coletiva de imprensa em 28 de outubro, Kitao afirmou que a empresa de pagamentos baseada em blockchain “tornou o Japão o candidato mais promissor” para sua nova sede se a Ripple cumprir suas ameaças de mudar seus escritórios de São Francisco. A SBI Holdings é uma investidora Ripple, enquanto Kitao é membro do conselho de administração da empresa.

O cofundador da Ripple, Chris Larsen, e o CEO Brad Garlinghouse, expressaram frustração com a falta de clareza regulatória nos Estados Unidos. No início deste mês, Larsen afirmou que a empresa estava considerando mudar para países como o Reino Unido, Suíça, Cingapura ou Japão, porque as autoridades nos EUA tinham uma política de “regulamentação por meio da aplicação” e estavam “terrivelmente atrasados” na preparação para o sistema baseado em criptomoeda próxima geração de um sistema financeiro global.

De acordo com um relatório da Bloomberg, a Ripple selecionou o Japão e Cingapura. Garlinghouse disse na época que havia falado com a SBI sobre usar o país como um local potencial para sua sede. Garlinghouse disse:

“O Japão é um dos nossos mercados de crescimento mais rápido, em parte porque temos parceiros-chave como a SBI.”

Além disso, a SBI Holdings também anunciou recentemente que Ripple concluiu um investimento na empresa de pagamentos japonesa MoneyTap, aparentemente como parte de seus planos para integrar liquidações movidas a Ripple em ATMs no Japão. A integração tem como objetivo fornecer aos consumidores acesso mais fácil a fundos em caixas eletrônicos japoneses, independentemente de sua afiliação bancária.

Veja mais em: Criptomoedas | Notícias | Informações

Compartilhe este post

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário