A criptomoeda Libra do Facebook será lançada já em janeiro

A criptomoeda Libra do Facebook será lançada já em janeiro

A criptomoeda Libra do Facebook está pronta para ser lançada em janeiro, informou o Financial Times na sexta-feira, citando três pessoas não identificadas envolvidas no projeto.

A Associação Libra, sediada em Genebra, que emitirá e governará a Libra do Facebook, planeja lançar uma única moeda digital lastreada em dólares americanos, disse o FT, citando uma das pessoas.

A mudança representaria uma redução ainda maior das ambições do projeto do que a proposta em abril em resposta a uma reação regulatória e política contra o projeto.

Libra, revelado pelo Facebook Inc no ano passado, foi relançado de forma simplificada depois que reguladores e bancos centrais de todo o mundo levantaram preocupações de que poderia perturbar a estabilidade financeira e corroer o poder dominante sobre o dinheiro.

A Libra Association, da qual o Facebook é um dos 27 membros, está buscando o sinal verde do cão de guarda dos mercados da Suíça para emitir uma série de stablecoins lastreados em moedas tradicionais individuais, bem como um token baseado em stablecoins indexados à moeda.

No entanto, de acordo com o novo plano do órgão, outras moedas lastreadas em moedas tradicionais, bem como o composto, seriam introduzidas em uma data posterior, disse o FT.

A Libra Association não respondeu imediatamente a um pedido de comentários. FINMA, o regulador suíço, não elaborou além de uma declaração em abril confirmando o recebimento do pedido de Libra para uma licença de pagamento.

Os Stablecoins são projetados para evitar a volatilidade típica de criptomoedas como o bitcoin, tornando-os, em teoria, mais adequados para pagamentos e transferências de dinheiro.

Traduzido e adaptado de: crn.com.au

Compartilhe este post

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *