Marcas Luxuosas como Louis Vuitton, vão reformular seus negócios usando tecnologia blockchain da Microsoft

Anunciado por meio de um comunicado de imprensa em 16 de maio, a LVMH, proprietária de vários nomes de moda de alta qualidade, confirmou que estava procurando reformular seus negócios usando a tecnologia blockchain.

Os planos envolvem toda uma nova plataforma chamada AURA, construída sobre o blockchain Ethereum e que aproveita a plataforma de nuvem Microsoft Azure.

“A AURA possibilita que os consumidores acessem o histórico do produto e a prova de autenticidade dos produtos de luxo – desde as matérias-primas até o ponto de venda, até os mercados de segunda mão”, resumiu o comunicado à imprensa.

O movimento marca uma nova fronteira para o mercado de luxo, cuja participação no Blockchain até agora assumiu uma forma mais limitada. As integrações incluíram esquemas como leilões de arte e comércio eletrônico.

A Vuitton, por exemplo, que começou a aumentar a transparência em sua cadeia de fornecimento em 2016, usará a AURA como o último passo em seus esforços de rastreabilidade.

“Durante a produção, cada produto é registrado no ledger compartilhado, irreproduzível (sic) e contendo informações exclusivas”, continua a publicação sobre como a plataforma funcionará.

Marcas Luxuosas como Louis Vuitton, vão reformular seus negócios usando tecnologia blockchain da Microsoft
Marcas Luxuosas como Louis Vuitton, vão reformular seus negócios usando a tecnologia blockchain.

No momento da compra, um consumidor pode usar o aplicativo da marca para receber o certificado AURA contendo todas as informações do produto.

AURA “VERDADEIRAMENTE DESCENTRALIZADA”

Elementos da operação espelham aqueles atualmente em andamento em outras indústrias interessadas em utilizar blockchain para suas cadeias de suprimentos.

Essas indústrias se tornaram cada vez mais variadas e agora incluem tudo, desde metais até café e até mesmo embarques de alface.

Embora algumas implementações tenham atraído críticas, considerando o estado relativamente emergente do blockchain, para o ConsenSys, os benefícios da introdução da arquitetura descentralizada tornam o projeto de moda de luxo valioso.

“A AURA é uma inovação para a indústria de luxo”, comentou Ken Timsit, diretor administrativo do braço blockchain da empresa, ConsenSys Solutions.

A ConsenSys tem o orgulho de contribuir e trabalhar com a LVMH em uma iniciativa que servirá a toda a indústria de luxo, protegendo os interesses, integridade e privacidade de cada marca, alavancando a tecnologia blockchain da Ethereum de uma maneira verdadeiramente descentralizada.

Até agora, a Dior e a Louis Vuitton são as únicas participantes do programa, com os executivos revelando discussões para se inscreverem, e outros estavam em andamento, sem nomear marcas específicas.

Traduzido e adaptado de : bitcoinist.com

Deixe um comentário