Monero sobe 20% após implementação do Atomic Swap

Monero (XMR), a maior criptomoeda com foco na privacidade por capitalização de mercado, registrou um aumento de 20% no preço após o lançamento do programa de implementação Atomic Swap.

O Projeto Monero anunciou oficialmente o lançamento da implementação Atomic Swap desenvolvida pelo protocolo cross-blockchain COMIT Network, com o objetivo de simplificar as negociações entre XMR e Bitcoin (BTC).

Após o lançamento de Monero Atomic Swaps, o XMR teve um aumento notável, com seu preço subindo de cerca de US$265 no dia do lançamento para uma alta intra-semana de US$331. Atualmente, a criptomoeda centrada na privacidade estava sendo negociada a US$318, uma queda de cerca de 2,4% nas últimas 24 horas, de acordo com o site de rastreamento de criptomoedas, CoinGecko. Seguindo uma sólida tendência de alta nos principais mercados de criptomoedas, o XMR subiu mais de 50% nos últimos 30 dias.

O contribuidor do Monero Project, ErCiccione, disse que a implementação de troca recém-introduzida é uma tecnologia totalmente nova que permite aos usuários trocar BTC e XMR sem depender de um terceiro confiável como uma exchange de criptomoedas. Ele explicou:

“Essas trocas são chamadas de ‘atômicas’ porque têm apenas dois resultados possíveis: ou a negociação é concluída com sucesso e cada trader recebe os fundos do outro, ou nada acontece e ambos os traders mantêm os fundos com os quais começaram.”

De acordo com o anúncio, os usuários agora podem prosseguir com o teste do XMR Atomic Swaps baixando o software projetado pelo COMIT. ErCiccione alertou os usuários que as novas trocas “podem ter bugs inesperados” e recomendou testes com pequenas quantidades.

Lançado em 2014, o XMR é uma importante criptomoeda com foco na privacidade, projetada para oferecer suporte a transações privadas e impossíveis de rastrear. Atualmente, Monero é a 30ª maior criptomoeda em valor de mercado, avaliada em US$5,7 bilhões.

Veja mais em: Criptomoedas | Notícias

Compartilhe este post

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *