Criptomoeda de privacidade Monero sobe de preço

Criptomoeda de privacidade Monero sobe de preço

O Monero, uma das principais moedas de privacidade, aumentou sete por cento nas últimas 24 horas.

É um dia verde para a maioria das criptomoedas – mesmo moedas baseadas na privacidade como Monero (XMR), que está bombando como louca e atualmente sendo negociada por cerca de US$ 47,  um aumento de sete por cento em relação a ontem.

Criptomoeda de privacidade Monero sobe de preço
Criptomoeda de privacidade Monero sobe de preço.

O Monero é um caso intrigante, pois um de seus principais casos de uso, o criptojacking, está em declínio . Dadas as propriedades quase anônimas de Monero, ele tem sido amplamente utilizado em esquemas de cryptojacking, onde hackers obtêm o controle dos computadores ou dispositivos digitais dos usuários sem seu conhecimento para minerar criptomoedas.

A Coinhive, que operou entre 2017 e 2019, forneceu vários scripts de mineração Monero para sites diferentes e manteve até 30% dos lucros minerados da Monero por si só. Mas em março passado, quando Monero passou por um hard fork e seu preço atingiu o fundo do poço, a Coinhive foi forçada a fechar suas portas.

Quase um ano depois, o cryptojacking é muito mais raro, embora o processo ainda seja utilizado ocasionalmente, e Monero permaneceu uma moeda particularmente popular em  regiões como a Coréia do Norte .

O preço do Monero ainda não manteve seus níveis de março de 2019, quando ficou acima da marca de US$ 50, embora a moeda tenha experimentado um aumento de cinco por cento em janeiro, depois que figuras como o magnata dos antivírus John McAfee e o CEO da Coinbase, Brian Armstrong,  expressaram sentimentos otimistas em relação às moedas de privacidade.

Monero chegou a US$ 95 em fevereiro, antes do coronavírus começar a se espalhar pelos mercados. Chegou a um mínimo de US$ 32 em 13 de março, um dia sombrio para a maioria das criptomoedas. Mas, no momento da redação deste artigo, ele  aumentou mais de US$ 15 desde aquela data, à medida que (e outras criptomoedas) marcham na direção de seus máximos de 2020.

Traduzido e adaptado de : decrypt.co

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário