Novo fundo de investimento dedicado aos jogos Web 3

Novo fundo de investimento dedicado aos jogos Web 3

Algumas das maiores empresas de risco da blockchain lideraram um novo fundo de investimento dedicado aos jogos Web 3, também conhecido como GameFi, potencialmente abrindo a porta para uma indústria altamente lucrativa que vê criptomoedas e blockchain se fundindo com o setor de jogos tradicional.

A Solana Ventures, a Lightspeed Venture Partners e a exchange FTX, anunciaram o lançamento de um fundo do ecossistema da GameFi de US$100 milhões. Os fundos serão usados ​​para investir em estúdios de jogos, empresas de tecnologia e outros projetos na interseção de blockchain e jogos.

A executiva da Lightspeed Venture Partners, Amy Wu, descreveu os jogos como uma grande oportunidade de “trazer o próximo bilhão de usuários para a Web 3”, um conceito amplo que se refere a uma Internet mais descentralizada. A Lightspeed já investiu mais de $300 milhões em empresas de jogos e criptomoedas em estágio avançado, incluindo Epic Games, Wintermute, FTX e Offchain Labs.

Embora as estimativas variem, o mercado global de jogos gera bem mais de US$100 bilhões em receita anual – um número que deve ultrapassar US$200 bilhões nos próximos dois anos, de acordo com o provedor de dados de jogos Newzoo.

A tecnologia blockchain e criptomoedas estão cada vez mais se fundindo com o cenário dos jogos, criando novas experiências de usuário e formas de monetização. Essa interseção deu origem à GameFi, um termo amplo que descreve a financeirização do jogo por meio de DeFi e tokens não fungíveis.

A GameFi também está ganhando força como um conceito dentro do chamado “metaverso”, que descreve uma versão futurística da internet composta por realidade virtual, mídia social e negócios. Vários fundos de investimento alocaram capital para esta vertical emergente, incluindo Sanctor Capital, que recentemente levantou US$20 milhões, e Huobi Group, que lançou um fundo de US$10 milhões.

Quando questionada sobre a proposição de valor de longo prazo do conceito de metaverso, Amy Wu disse:

“O metaverso é um mundo digital em potencial onde as pessoas constroem identidade, reputação, fazem amigos, jogam e realizam transações. Se se tornar uma fração tão significativa quanto nossas vidas off-line, é incrivelmente valioso. Daí porque as empresas da Web 2, como a Meta e as empresas nativas da Web 3, estão tentando construir isso. As pessoas passam horas por dia em jogos como Fornite e Roblox, então eu acredito que o metaverso nascerá de um jogo social.”

Veja mais em: Blockchain | Notícias

Compartilhe este post

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *