Início»Criptomoedas»Pornhub revela que criptomoedas são usadas para comprar menos de 1% de suas assinaturas

Pornhub revela que criptomoedas são usadas para comprar menos de 1% de suas assinaturas

7
Compartilhamentos
Pinterest Google+

Pornhub, o maior site de pornografia do mundo, fez ondas em abril quando anunciou que iria começar a aceitar pagamentos com criptomoedas, e agora revelou que menos de 1% de suas assinaturas são compradas com ativos digitais.

A empresa por trás do site, a MindGeek, anunciou que estava permitindo que os usuários comprassem assinaturas premium com a criptomoeda Verge (XVG) voltado para a privacidade. Desde então, expandiu-se para permitir que os usuários paguem com Tron (TRX) e ZenCash, que desde então foi renomeado para Horizen.

Muitos acreditavam que esse era o tipo de movimento que ajudaria a estimular a adoção em mass

a de criptomoedas, embora os dados mostrem o contrário. O Pornhub revelou por meio de um e-mail para The Next Web que as criptomoedas nem respondem por 1% das compras feitas no site.

Ainda otimista

Embora a empresa tenha revelado que o site atraiu mais de 28,5 bilhões de visitas no ano passado, não revela quantos de seus usuários pagam por seu serviço de assinatura premium. Acredita-se que a maior parte da receita do Pornhub vem de anúncios, não de pagamentos.

Apesar do baixo uso de criptomoedas por seus serviços, o Pornhub revelou que continua otimista. De acordo com a The Next Web, o e-mail do site afirmou:

menos de 1% de suas assinaturas
Pornhub afirma que menos de 1% de suas assinaturas são compradas com criptomoedas.

“Dito isto, esperamos ver a adoção generalizada de criptomoedas e blockchain em nosso site no futuro próximo”.

O Pornhub fez uma parceria com a PumaPay no mês passado para permitir pagamentos recorrentes de criptomoedas. Isso permitirá que os usuários paguem pelo serviço de assinatura premium como se estivessem usando um cartão de crédito, sem se preocupar em enviar pagamentos excedentes todos os meses.PumaPay é uma solução baseada em blockchain de código aberto desenvolvida pela empresa descentralizada Vision, baseada em Chipre. Seu “protocolo PullPayment” permite transações que “nunca foram possíveis no blockchain” até que ele seja desenvolvido. Estes incluem transações de pagamento por uso, bem como pagamentos recorrentes. A parceria também verá o Pornhub aceitar o token PMA da PumaPay como forma de pagamento.

Traduzido e adaptado de : Cryptoglobe.com

Siga-nos nas redes sociais
Canal no Telegram Siga-nos no Facebook Acompanhe nosso Twitter Siga-nos no Instaram
Artigo anterior

Coreia do Norte supostamente estaria usando criptomoedas para fugir de sanções

Próximo artigo

Exchange Coinbase, número um do mundo?

Nenhum Comentário

Deixe um comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.