PornVisory planeja pagar usuários para assistir pornô

PornVisory planeja pagar usuários para assistir pornô

PornVisory, é um novo projeto de criptomoeda. O projeto tem como objetivo recompensar seus usuários com tokens por assistirem pornografia em sua plataforma.

Veronica Noschese, a fundadora da PornVisory, argumentou existir uma sinergia natural entre o setor de criptomoedas e pornografia. O qual, necessita rapidamente e desesperadamente, de sistemas financeiros anônimos.

Noschese exemplificou, com casos como quando o PayPal decidiu banir o Pornhub de seu sistema em 2019, e quando a gigante do pornô decidiu apoiar a criptomoeda Verge (XVG) em 2018. Além disso, o Pornhub também passou a aceitar a stablecoin do Tether (USDT) como uma das opções de pagamento, desde janeiro deste ano.

Noschese disse:

“Na indústria pornô, existem muitos problemas relacionados à privacidade e reputação. Por exemplo, até o Pornhub, maior nome do setor, viu sua conta bloqueada pelo PayPal. Além disso, talvez você não queira pagar sua conta Premium para assistir pornô com a conta bancária que compartilha com sua esposa.”

De acordo com Noschese, a plataforma de sua empresa é inspirada no Basic Attention Token (BAT). O Brave Browser é o navegador da web focado na privacidade e com um bloqueador de anúncios integrado, e seus usuários recebem o BAT por permitir alguns anúncios especiais. E então, igualmente, os usuários que visualizam o conteúdo do PornVisory visualizarão anúncios e serão compensados ​​em tokens PVY.

Noschese acrescentou dizendo:

“Inspirados pelo navegador Brave, decidimos fazer algo semelhante, mas relacionado à indústria pornô. O conceito é simples: os usuários serão pagos para assistir a vídeos pornográficos e quando ele ou ela interage com a plataforma Pornvisory em geral.”

Atualmente, o PornVisory é apenas um canal em italiano de notícias do setor adulto. No entanto, também passará a possuir uma seção de notícias em inglês, um site de vídeos pornográficos de terceiros e uma plataforma de transmissão ao vivo, tudo isso em breve.

PornVisory planeja pagar usuários para assistir pornô

Sem oferta inicial

De acordo com Noschese, o PornVisory não planeja fazer uma oferta inicial de moedas, mas lançará alguns dos tokens como uma jogada de marketing. Atualmente, o projeto é financiado com fundos próprios do fundador, porém Nochese tem planos para buscar financiamento junto a investidores anjos após a plataforma ganhar força.

Além disso, foi argumentado por Noschese, que por trabalhar há um longo tempo como profissional de marketing na indústria de entretenimento adulto, isso lhe permitiu desenvolver conexões vantajosas que poderiam ser aproveitadas para futuras parcerias. Assim, ela tem nos planos utilizar dessas conexões para permitir que os detentores de PVY gastem seus tokens em sex shops ou avisem os artistas em plataformas de streaming.

A Deepit é a empresa suíça responsável pelo setor blockchain do projeto. Mauro Baeli, CEO da Deepit, argumentou dizendo que a empresa acredita no potencial por trás das ideias do PornVisory

“Acreditamos que o PornVisory será bem-sucedido se conseguirem aprimorar o foco em um segmento específico de seu setor. O uso das ferramentas blockchain certamente as colocará um passo além.”

Veja mais em: Criptomoedas | Notícias

Compartilhe este post

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.