Início»Blockchain»Porsche, Volkswagen e o poder da Blockchain

Porsche, Volkswagen e o poder da Blockchain

0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

Na sua forma mais simples, a blockchain é um livro-razão digital, distribuído e descentralizado, muitas vezes ligado a criptomoedas, responsável pelo log de todas as transações sem a necessidade de um intermediário financeiro. Em outras palavras, permite que pessoas ou empresas tenham uma maneira completamente nova de enviar fundos sem usar os bancos tradicionais como intermediários.

Anúncio

A Blockchain fez sua presença conhecida quando o bitcoin foi lançado em 2009. Como uma aplicação baseada em moeda, ela foi  inicialmente projetada para corrigir um punhado de falhas no sistema bancário, como taxas de transação altíssimas e longos períodos de processamento e liquidação.

Ela faz isso removendo os bancos da equação, eliminando assim as taxas de transações e validando transações processadas na rede blockchain, 24 horas por dia, sete dias por semana.

Dependendo da rede, algumas cadeias de bloqueio podem liquidar pagamentos que ultrapassam os limites quase que instantaneamente, em comparação com a espera de até cinco dias úteis com o sistema bancário atual.

No entanto, a blockchain continuou a evoluir muito além das suas aplicações somente para criptomoedas. Por exemplo, as empresas estão analisando como a blockchain pode melhorar as redes de fornecimento. A natureza transparente e única da blockchain a torna perfeita para rastrear o envio de mercadorias em tempo real, bem como examinar o desempenho dos produtos durante os testes de controle de qualidade.

Outros empreendimentos incluem a ideia de usar IDs para nos ajudar a controlar nossas identidades digitais, bem como meio para armazenar de forma segura nossos registros médicos e melhorar ainda mais as leis de privacidade.

Mas algumas das mais intrigantes ideias da blockchain são as que você provavelmente nunca considerou, como as empresas automotivas que usam a tecnologia em veículos.

Em 22 de fevereiro, a fabricante de automóveis Esportivos, Sedan e SUV, Porsche, uma divisão da Volkswagen, anunciou que se tornou a primeira empresa de automóveis no mundo a integrar e testar a Blockchain com sucesso em um carro.

O que é blockchain em um carro? A Porsche acredita que poderia ter uma infinidade de aplicações. Por exemplo, bloquear e desbloquear o seu veículo, bem como abrir portas, através de um aplicativo. Isso pode ser feito até seis vezes mais rápido uma vez que os dados não precisam ser processados através de um servidor. Com efeito, o carro realmente se torna parte da Blockchain, mesmo em um cenário off-line.

Leia Também:  Coinbase solicita patente para sistema de pagamento por Bitcoin

Além disso, as chaves com base na Blockchain podem ser usadas para dar acesso a terceiros, como motoristas ou mecânicos autorizados. O uso dos contratos inteligentes baseados em Ethereum – que são protocolos que verificam, facilitam ou impõem a negociação de um contrato – determinam regras personalizáveis, mas que não podem ser modificadas e permitem a determinadas partes acessar o veículo em horários ou locais específicos. Também pode ser usada para pagar de forma rápida e segura o estacionamento ou o carregamento do veículo, como exemplo.

Olhando para o futuro, a Porsche acredita que pode usar a blockchain para melhorar a experiência de condução autônoma. A ideia é que os dados locais coletados, os quais o usuário teria controle total sobre o compartilhamento, poderiam ser compartilhados de forma segura com outros veículos, levando a efeitos de aprendizagem que tornam a experiência de condução autônoma mais segura para todos os veículos conectados.

ESTA BATALHA DE BLOCKCHAIN ESTÁ APENAS COMEÇANDO

A Porsche não é a única fabricante de automóveis a trabalhar atualmente com o uso da tecnologia blockchain.

Embora seja a primeira a testar a tecnologia em seus veículos, a chefia, Volkswagen, e a IOTA estão trabalhando juntos para transformar todo o setor. Não esqueçamos que a Volkswagen foi envolvida em um grande escândalo de emissões de poluentes nos Estados Unidos.

Talvez uma das melhores maneiras para a empresa reconstruir a confiança com os consumidores americanos é implementar essa tecnologia que poderia permitir aos consumidores acessar dados de teste de controle de qualidade para peças e/ou veículos.

Considerando o quanto a confiança foi perdida entre a fabricantes de automóveis e consumidores nos últimos anos como resultado de escândalos e recordações baseadas em qualidade, a Blockchain poderia percorrer um longo caminho para colocar esses problemas no espelho retrovisor. Há, no entanto, um grande obstáculo que a tecnologia ainda não superou: uso e aceitação em larga escala.

A grande questão que vamos ver em 2018, e possivelmente em 2019, é se vamos além dos testes simples de prova de conceito e do uso real dessa tecnologia. Se avançarmos, a Blockchain pode se tornar uma virada de jogo nos próximos três a cinco anos.

Siga-nos nas redes sociais
Canal no Telegram Siga-nos no Facebook Acompanhe nosso Twitter Siga-nos no Instaram
Artigo anterior

Site indica que Dogecoin pode valorizar até 2.920% até o fim do ano

Próximo artigo

Estado indiano busca empreender com a tecnologia Blockchain

1 Comentário

Deixe um comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.