Início»Criptomoedas»Rede de fast-food começa a aceitar Dash na Venezuela

Rede de fast-food começa a aceitar Dash na Venezuela

53
Compartilhamentos
Pinterest Google+

Rede de fast-food começa a aceitar Dash no país vizinho do Brasil, a Venezuela. A criptomoeda tem sido usada para contornar a fracassada moeda fiat do país que sofre que a inflação e forte desvalorização.

A rede internacional fast-food, Church’s Chicken, emitiu um comunicado informando que agora sua rede na Venezuela passará a aceitar Dash como pagamento.

Rede de fast-food começa a aceitar DASH
Rede de fast-food começa a aceitar DASH na Venezuela

De acordo com o comunicado de imprensa, uma aliança estratégica entre o Dash Venezuela e Church’s Chicken verá 13 estabelecimentos começarem a aceitar a moeda virtual com foco na privacidade como pagamento, após “dias extensos e rigorosos de treinamento” para entender como tudo funciona.

A Church’s Chicken é o quarto maior fast food de frango do mundo, já que possui 1.700 restaurantes espalhados por 25 países. De acordo com o comunicado, os representantes da franquia no país estão procurando promover a criptomoeda como parte do movimento. 

Orlando Nayas, diretor geral da Church’s Chicken Venezuela, observou que ele trabalhou duro com o grupo de defesa da criptomoeda para treinar a equipe da franquia. Ele acrescentou que o movimento “mostra que confiamos em Dash e que ela se tornará um agente de crescimento neste novo mundo financeiro”.

Bradley Zastrow, diretor global de desenvolvimento de negócios da Dash Core, comentou que a comunidade fez um “trabalho incrível” incentivando o crescimento da criptomoeda na Venezuela e que a integração da Church’s Chicken é “excitante”.

Fonte: CCN

Siga-nos nas redes sociais
Canal no Telegram Siga-nos no Facebook Acompanhe nosso Twitter Siga-nos no Instaram
Leia Também:  CEO do Dash tem conta no Twitter e outras redes sociais hackeadas
Artigo anterior

Empresa Nacional de Petróleo de Abu Dhabi adota solução Blockchain da IBM

Próximo artigo

Investidor compra 10 BTC e se diz confiante

Nenhum Comentário

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.