Ripple abre escritório regional em Dubai

Ripple abre escritório regional em Dubai

De acordo com um anúncio recente, a Ripple estabeleceu um escritório regional no Dubai International Financial Centre, ou DIFC.

A empresa de pagamentos baseada em blockchain, escolheu o local para seus regulamentos inovadores. O site do DIFC afirma que a zona econômica especial atende a mais de 2.500 empresas em todo o Oriente Médio, África e Sul da Ásia como um “regulador independente” com um “sistema judicial comprovado”. O diretor administrativo da Ripple, Navin Gupta, disse:

“A Ripple já tem uma base de clientes significativa na região MENA – Oriente Médio e Norte da África – e a oportunidade de co-localizar com nossos clientes fez do DIFC uma escolha natural. Nosso escritório regional servirá como um trampolim para apresentar nossas soluções baseadas em blockchain e aprofundar nossos laços com ainda mais instituições financeiras na região.”

O CEO Brad Garlinghouse e o cofundador Chris Larsen, falaram sobre a mudança da sede da empresa em San Francisco para um país com maior clareza regulatória do que os Estados Unidos. Recentemente, a Ripple selecionou o Japão e Cingapura como um local potencial para seus novos escritórios.

Com sede nos Emirados Árabes Unidos, o DIFC supostamente oferece a empresas de blockchain como a Ripple nenhum imposto sobre renda corporativa e lucros por pelo menos 50 anos. Além do centro financeiro, o Dubai Multi Commodities Centre – a maior zona franca dos Emirados Árabes Unidos – anunciou em janeiro que planeja lançar um novo tipo de vale criptográfico.

O movimento da Ripple ocorre em meio ao aumento da volatilidade do token XRP em comparação com o do Bitcoin (BTC) e do Ether (ETH) em 2020. De acordo com o Relatório de Mercados XRP Q3 2020, a volatilidade do XRP sobre o Q3 foi maior do que a do BTC e ETH, representando um aumento da volatilidade em relação ao 2º e 1º trimestre.

O XRP está sendo negociado atualmente a $ 0,25, tendo subido 2,09%.

Veja mais em: Criptomoedas | Notícias

Compartilhe este post

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário