Satoshi Nakamoto teve ajuda externa para criação da bitcoin?

Satoshi Nakamoto teve ajuda externa para criação da bitcoin?

Supostamente, de acordo com um dos primeiros desenvolvedores do Bitcoin (BTC), Satoshi Nakamoto procurou ajuda de criptógrafos externos antes do lançamento do Bitcoin.

Trabalhando em estreita colaboração com Satsohi em 2010, Laszlo Hanyecz disse ter ficado confuso com a escolha dele para a curva elíptica secp256k1.

Na época, o uso dessa curva era extremamente incomum. As curvas do Instituto Nacional de Padrões e Tecnologia (NIST) eram muito mais comuns. Ao longo dos anos, diversos entusiastas do Bitcoin especularam se isso é sorte ou genialidade de Nakamoto. Uma vez que a curva escolhida por Satoshi é mais eficiente e também torna menos provável a criação de backdoors.

Muitas pessoas interessadas

Anteriormente, Hanyecz chegou a enviar um email para Satoshi o questionando do porquê escolher aquela curva específica. Então, Satoshi disse a Hanyecz que ele tinha alguns especialistas o ajudando. Satoshi disse:

“Eu tive um monte de gente me ajudando com isso, e me disseram que era bom.”

Hanyecz disse:

“E ele realmente não deu detalhes, mas disse que especialistas veem isso.”

Embora não se saiba exatamente quando Satoshi procurou ajuda externa, sabe-se que foi antes do lançamento do bitcoin. Também não se sabe ao certo se Satoshi acabou postando suas questões em alguns fóruns criptográficos e listas de discussão ou se tinha comunicações ao vivo com os criptógrafos.

Tentativas anteriores ao Bitcoin

Em outro momento, Hanyecz estava maravilhado com a genialidade do design do Bitcoin, e perguntou a Satoshi: “Como você fez isso? Você fez isso sozinho?”

Satoshi não entrou em detalhes, apenas respondeu:

“Demorei alguns anos […] fiz algumas tentativas. Estou trabalhando nisso há um tempo.”

De fato, o relato público de Nakamoto sobre seu trabalho diz o mesmo: ele admite ter passado aproximadamente 18 meses trabalhando no código. Mas, não se sabe ao certo se ao dizer “algumas tentativas” Satoshi estava se referindo a seus projetos passados ou a versões anteriores do bitcoin.

Além disso, o relato de Hanyecz acrescentou questões interessantes ao debate sobre a participação de Adam Back na equipe do criador do bitcoin. Se Adam Back fizesse parte da equipe, eles ainda precisariam procurar ajuda externa? Voltar, provavelmente como Satoshi, não é um criptógrafo profissionalmente treinado e o Hashcash emprega uma curva elíptica.

Outra questão é que, levando em consideração o quão cuidadoso Nakamoto era ao se certificar de que ele não deixasse nenhum identificador, as informações que ele compartilhou com Hanyecz foram verdadeiras? Contudo, acredita-se valer a pena considerar qualquer fato novo que possa nos ajudar a entender melhor o mistério por trás de Satoshi Nakamoto e a criação do Bitcoin.

Veja mais em: Notícias

Compartilhe este post

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário