Satoshi nunca usará suas moedas

Satoshi nunca usará suas moedas

O pesquisador que identificou anteriormente 1,1 milhão de Bitcoins (BTC) supostamente extraídos por Satoshi Nakamoto, disse que sua pesquisa o faz acreditar que Nakamoto era altruísta e nunca gastaria suas moedas.

Sergio Demian Lerner, criador do protocolo RSK de segunda camada do Bitcoin e renomados pesquisadores de criptografia no Reddit AMA, disseram ter levado aproximadamente três anos para descobrir falhas de privacidade no código do Bitcoin que levaram à descoberta do padrão de Patoshi.

Respeitando a privacidade de Satoshi

De acordo com padrão de Patoshi, a descrição é de que um minerador que usou um algoritmo de mineração ligeiramente diferente e que extraiu cerca de 1,1 milhão de Bitcoins. A maioria acredita que ele é Satoshi Nakamoto. Lerner disse que decidiu não se aprofundar mais para não perturbar o criador. Lerner acrescentou dizendo:

“Não quero mais me aprofundar nesse assunto e sinto que contribuí o suficiente para a transparência do Bitcoin. Cavar mais esse assunto pode significar entrar na área de privacidade de Satoshi.”

Bitcoin é mais do que justo

Lerner disse que, em sua opinião, e se embasando em sua pesquisa e entendimento de Satoshi, ele acredita firmemente que o criador da bitcoin nunca irá gastar as moedas que extraiu. Lerner disse:

“Supondo que Satoshi seja Patoshi, acredito, com base na história passada das moedas dele, que ele nunca mais usará suas moedas. Portanto, acho que não poderia haver uma maneira mais justa e altruísta de o Bitcoin nascer.”

Enquanto isso, Craig Wright não se intimida com as recentes transações de Bitcoin que aparentemente falsificaram suas alegações de ser Satoshi Nakamoto.

Veja mais em: Notícias

Compartilhe este post

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário