Scaramucci: quem estuda Bitcoin acaba investindo nele

Scaramucci: quem estuda Bitcoin acaba investindo nele

Os investidores, e quem estuda Bitcoin (BTC) com cuidado acabam sendo convencidos a possuir uma participação na criptomoeda, de acordo com o fundador e CEO da SkyBridge Capital, Anthony Scaramucci.

Em uma entrevista com a Capital Connection da CNBC, Scaramucci – que também atuou por 10 dias como diretor de comunicações do presidente Donald Trump – pediu aos investidores que “façam o dever de casa sobre o Bitcoin” e “entendam o que é”. Ele também sugeriu que os investidores leiam o white paper escrito pelo criador anônimo do Bitcoin, Satoshi Nakamoto.

Entender o Bitcoin inevitavelmente leva à crescente adoção, à medida que muitos investidores proeminentes em todo o mundo percebem o potencial da criptomoeda, disse Scaramucci:

“Quem faz o dever de casa acaba investindo. Veja Ray Dalio, um cético quanto ao Bitcoin, agora um investidor do Bitcoin.”

O executivo acrescentou que outros investidores de renome mundial como Paul Tudor Jones e o bilionário americano, Stanley Druckenmiller, também compraram Bitcoin. Ele disse:

“Esses são caras brilhantes que fizeram o dever de casa e chegaram à conclusão de que precisavam ter um pedaço de Bitcoin.”

Scaramucci observou que o Bitcoin cresceu mais de 100.000% desde seu início em janeiro de 2009. Scaramucci acrescentou:

“Se você tivesse um centavo em Bitcoin e 99 centavos em dinheiro na última década, você superou tudo. Basta pensar nisso.”

Os comentários de Scaramucci vêm no momento em que o Bitcoin se aproxima de seus novos máximos registrados, com o BTC sendo negociado a US$63.277, de acordo com dados da CoinGecko. Recentemente, o Bitcoin atingiu mais de US$67.000 pela primeira vez em sua história. A criptomoeda estava sendo negociada em torno de US$13.000 há apenas um ano.

Vários investidores de renome em todo o mundo afirmam que o Bitcoin não é particularmente fácil de usar. De acordo com o maior investidor da indústria de criptomoeda, Tim Draper, a falta de facilidade de uso do Bitcoin é o principal impedimento para a adoção em massa da criptomoeda. O empresário bilionário americano, Mark Cuban, argumentou no ano passado que o Bitcoin precisa ser fácil o suficiente para que “a vovó possa usá-lo” antes que a adoção em massa ocorra.

Veja mais em: Criptomoedas | Investimentos | Informações

Compartilhe este post

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *