SEC: quem pode custodiar tokens de segurança?

SEC: quem pode custodiar tokens de segurança?

Nove membros do congresso escreveram uma carta pedindo à Securities and Exchange Commission (SEC), que especificasse sua orientação sobre os tokens de segurança.

Em uma carta ao presidente da SEC, Jay Clayton, vários membros do Congressional Blockchain Caucus, liderados por Tom Emmer (R-MN), pediram à comissão para verificar as regras sobre quais corretores podem custodiar títulos digitais. O licenciamento do corretor-distribuidor é necessário para vender títulos nos EUA.

A carta também se dirige à Financial Industry Regulatory Authority (FINRA), um órgão de autorregulação que registra corretoras dos EUA de acordo com as diretrizes da SEC. Atualmente, as regras não são claras, o que resultou em um atraso colossal no registro. Como diz a carta:

“Na ausência de orientação da SEC, a FINRA não negou abertamente qualquer pedido de corretagem que envolva a custódia de títulos digitais, o que tornaria os aplicativos elegíveis para apelação. Em vez disso, a FINRA permitiu que os aplicativos definhem – frequentemente por anos – ou pediu aos requerentes que retirassem tais aplicações.”

Muitos notaram o ecossistema paralisado para tokens de segurança nos EUA. Ao contrário das criptomoedas descentralizadas como Bitcoin ou Ethereum, os tokens de segurança são registrados como títulos, mas podem ser negociados de uma maneira mais descentralizada graças à tecnologia blockchain.

Contudo, a carta encorajou o regulador de valores mobiliários a seguir o exemplo do Gabinete do Controlador da Moeda, que neste verão aprovou os bancos nacionais para custodiar criptomoedas.

Os tokens STX do Blockstack são um exemplo de segurança registrada que está tentando sair desse status, demonstrando a descentralização da rede. Essa determinação também está aguardando a aprovação da SEC.

Veja mais em: Blockchain | Criptomoedas | Notícias | Segurança

Compartilhe este post

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *