Setor pede que OCC incentive o uso de Blockchain nos bancos

Setor pede que OCC incentive o uso de Blockchain nos bancos

Em resposta a uma solicitação de comentário sobre possíveis regras do Gabinete do Controlador da Moeda (OCC), muitos dos principais players das criptos escreveram pedindo ao órgão regulador para expandisse as autorizações concedidas aos bancos para lidar com criptomoedas e utilizar a tecnologia blockchain.

Além disso, o Silvergate Bank, um dos líderes nos serviços financeiros apoiados por blockchain, escreveu à OCC. O pedido foi para que promovessem o blockchain como uma maneira mais eficiente de os bancos enviarem dinheiro entre si e entre contas de clientes. Silvergate apontou para stablecoins lastreados em USD, como USDC ou USDT, como exemplos de como esse sistema poderia ser muito mais rápido. Silvergate Bank disse:

“A tecnologia Blockchain oferece um caso de uso reconhecido como uma rede de transferência de valor. E, ainda que muitos continuem a explorar como expandir esse caso de uso, conforme demonstrado por vários projetos de stablecoin apoiados em dólares; eles estão fazendo isso dentro das estruturas regulatórias existentes que não fornecem orientação adequada para entidades regulamentadas, como instituições financeiras.”

Quem também aplaudiu o exemplo de projetos de stablecoin, foi o grupo de lobby de criptomoedas da Association Blockchain. Sendo parte central de seus comentários que o OCC “permite que os bancos façam pagamentos e aceitem depósitos em stablecoins em dólar que atendam aos critérios definidos pelo OCC”.

Um grupo de reflexão e grupo de lobby que promove a rede descentralizada, chamado Com Center, deu um passo adiante em sua resposta ao OCC. O Com Center defendeu os bancos a apoiar tecnologias controversas de privacidade, como: “(1) tecnologias de mistura de transações confiáveis ​​como CoinJoin para transações BitCoin e (2) redes aprimoradas de criptomoeda de privacidade como Zcash e avisos”.

OCC e nova visão para os bancos

Contudo, foi apontado pela Associação Blockchain, que mesmo as empresas de criptomoedas bem-intencionadas e compatíveis que operam nos EUA foram injustamente exclusas dos serviços financeiros básicos. Então, isso acaba prejudicando os usuários:

“A falta de acesso a negócios de serviços financeiros seguros e sólidos de criptomoeda acaba criando riscos desnecessários para os consumidores dos EUA”.

No entanto, a pedido da OCC, o Escritório enfatizou a flexibilidade do banco online. E, disse que “o sistema bancário federal está bem familiarizado e bem posicionado para mudanças, o que é uma marca registrada desse sistema desde o seu início”.

O OCC é o escritório da Tesouraria dos EUA, responsável pela regulamentação dos bancos federais do país. Mas, desde que Brian Brooks assumiu o cargo de chefe interino do escritório, ele viu um interesse em criptos radicalmente acelerado. Duas semanas atrás, o OCC finalmente autorizou os bancos a custodiar ativos de criptomoedas. Desde então, como uma forma de modernizar os pagamentos nos EUA, a Brooks continuou a expressar interesse em blockchain.

Veja mais: Blockchain | Notícias

Compartilhe este post

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário