Início»Blockchain»Sistema Eleitoral baseado em tecnologia Blockchain? Saiba como e apoie essa ideia!

Sistema Eleitoral baseado em tecnologia Blockchain? Saiba como e apoie essa ideia!

10
Compartilhamentos
Pinterest Google+

Não é de hoje que o sistema eleitoral brasileiro necessita de uma mudança urgente, com a atual urna eletrônica recebendo diversos questionamentos quanto a sua segurança e confiabilidade, até mesmo por profissionais do setor de TI, a população cada vez mais está insatisfeita com o voto eletrônico adotado desde 1995.

Anúncio

Mesmo com a recente adição do voto impresso possibilitando uma segunda forma de auditoria, ainda sim o sistema todo seria centralizado e fechado, surgindo pontos de questionamento por parte da população. Uma prova da insatisfação do eleitorado é o crescente número de abstenções a cada eleição e também o número de votos brancos e nulos, além é claro de outros fatores como a ineficiência do estado e corrupção.

Para sanar esse problema precisamos de um sistema que possibilite uma auditoria em tempo real, descentralizada e com no mínimo 99.9% de segurança, por tanto o uso da tecnologia Blockchain para os sistema eleitoral brasileiro seria a melhor solução disponível hoje.

A tecnologia blockchain é a grosso modo uma base de dados pública, descentralizada e imutável, todos os dados do voto e de quem está votando são criptografados criando uma assinatura digital, que são verificadas por um sistema antes de serem inseridos na blockchain, assim permitindo que qualquer cidadão possa fazer a auditoria.

Com o uso da blockchain seria impossível um mesmo eleitor votar mais do que uma vez, já que a verificação do voto seria validar os dados do eleitor, checar se eleitor já não votou, gerar um bloco com essas informações e gerar um outro bloco com a assinatura digital do anterior, mas dessa vez contendo os dados de voto, em um sistema muito semelhante ao adotado nas eleições de Serra Leoa, onde cada bloco dependia do anterior, impossibilitando uma fraude, pois uma simples alteração em qualquer bloco invalida a cadeia de blocos inteira. O eleitor ainda recebe um comprovante de registro do voto na Blockchain, que pode ser um QRCODE para verificar o registro do seu voto na blockchain.

Leia Também:  CEO da Cardano: Vamos superar Bitcoin e Ethereum em 1 ano

Ainda sobre a blockchain, ela estaria replicada em diversos locais, descentralizados e sendo atualizadas a todo momento, cada urna poderia ser um Node na rede e um usuário comum poderia fazer o download da Blockchain para o seu PC ajudando a propagar as informações e impossibilitando que hackers possam fraudar todo o sistema.

Para uma maior segurança no sistema o uso do algoritmo de criptografia SHA-512 seria essencial, sendo um dos mais seguros e robustos algoritmos, o sistema eleitoral estaria protegido até mesmo de ataques com os futuros processadores quânticos, que em breve serão uma realidade.

Além de ser um modelo de eleição para o mundo todo utilizando a blockchain, estaríamos garantindo eleições mais seguras e com maior índice de confiança por parte dos setores da sociedade, além é claro de gerar uma maior aceitação das criptomoedas em nosso país.

Lembrando que tudo isso ainda são sugestões de como o sistema poderia funcionar, o primeiro passo está dado e a ideia legislativa é somente o começo de todo um processo, passando por sugestão, discussão e elaboração do novo funcionamento do sistema eleitoral brasileiro.

A 99cripto apoia esta ideia! Ajude a virar lei, vote no link abaixo! Por eleições mais transparentes!

https://www12.senado.leg.br/ecidadania/visualizacaoideia?id=100396

Siga-nos nas redes sociais
Canal no Telegram Siga-nos no Facebook Acompanhe nosso Twitter Siga-nos no Instaram
Artigo anterior

Novo jogo Japonês para smartphone oferece premiações em Bitcoin

Próximo artigo

Banco da Inglaterra cria seu próprio centro de estudo sobre criptomoedas

Nenhum Comentário

Deixe um comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.