SoftBank registra piores perdas da história

SoftBank registra piores perdas da história

Jack Ma, co-fundador do Alibaba e principal patrocinador de blockchain SoftBank, deixa o conselho da gigante japonesa de tecnologia. Ma, o homem mais rico da China, deixa o conselho após aproximadamente 13 anos de envolvimento próximo com o SoftBank. Após isso, o Soft Bank registra suas maiores e piores perdas operacionais em toda sua história.

Um relatório publicado em 17 de maio, da empresa japonesa Nikkei, comunicava a saída de Ma em meio ao Vision Fund, do Softbank. Registrando perdas recordes de 1,8 trilhão de ienes (16,7 bilhões de dólares). De acordo com a empresa, perdeu-se no último ano o que representa 1,36 trilhão de ienes (US$ 12,7 bilhões) no ano encerrado em 31 de março.

O homem mais rico da China deixa o conselho

Através de uma conferência anual de ganhos realizada neste segunda-feira, a SoftBank anunciou as notícias. A empresa propôs 3 novos diretores, sendo eles o CFO da SoftBank, Yoshimoto Goto, o CEO da Cadence Design Systems, Lip-Bu Tan, e Yuko Kawamoto, professor da Waseda Business School. De acordo com a empresa, os candidatos novos serão propostos oficialmente na assembleia anual que acontecerá em 25 de junho.

De acordo com Nikkei, Ma foi quem tomou a decisão de deixar o conselho da Softbank. Em 1999, Alibaba, um gigante comércio da China, foi fundada por Ma. Jack Ma é aparentemente o homem mais rico da China atualmente, com um patrimônio líquido de mais de US$ 41 bilhões. Ma deixou em setembro de 2019, o cargo de presidente do Alibaba, onde ainda faz parte do conselho. Supostamente, a decisão do bilionário Ma de deixar o Softbank, estaria atrelada ao objetivo de mudar seu foco para a atividade filantrópica.

O Alibaba tem como maior investidor o Softbank, o qual detém aproximadamente 25% das ações do Alibaba. Supostamente, o que impulsionou as perdas anuais da empresa, foram em especial os investimentos infelizes em empresas como WeWork e Uber, exacerbados pela pandemia de coronavírus. Para a Softbank, o investimento no WeWork custou US$24 bilhões.

SoftBank registra piores perdas da história

O SoftBank e players de blockchain

A SoftBank e seus executivos também são conhecidos por suas colaborações e iniciativas relacionadas ao blockchain, além de investimento em Bitcoin (BTC). Então, a empresa introduziu um cartão de débito com uma carteira de criptomoeda integrada no final de 2019. E, anteriormente, a SoftBank se junto em uma parceria para adotar uma plataforma de pagamentos de telecomunicações blockchain entre operadoras, ao lado da gigante de tecnologia IBM e TBCASoft.

O fundador e CEO da SoftBank, Masayoshi Son, ficou conhecido por um infeliz investimento em bitcoin. O bilionário Son perdeu cerca de US$ 130 milhões com seus investimentos em criptomoedas, quando investiu em bitcoin quando a criptomoeda chegou ao seu recorde histórico em 2017.

Veja mais em: ICOs e Investimentos | Notícias

Compartilhe este post

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário