Início»Criptomoedas»Square: as regras contábeis de criptomoedas colocam a empresa em risco

Square: as regras contábeis de criptomoedas colocam a empresa em risco

0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

A Square Inc. identificou outro risco comercial para as empresas de capital aberto que lidam com criptomoedas: as regras contábeis pouco claras.

Anúncio

 

Em sua apresentação anual mais recente para a Comissão de Valores Mobiliários (SEC), a empresa de pagamentos digitais escreveu que os Princípios Contábeis Geralmente Aceitos (GAAP), o padrão de contabilidade dos Estados Unidos para empresas públicas, não oferece orientação específica para criptomoedas. Isso fez com a Square apresente dificuldades em como reportar seus lucros ou perdas de transações desse mercado.

 

Além disso, o documento sugeriu que auditores ou reguladores não concordavam com a forma com que a a Square representava as criptomoedas. O arquivo continuou:

 

“A contabilidade pode ser complexa e sujeita a desafios. As conclusões finais sobre o tratamento contábil para nossas transações de criptomoedas podem afetar a apresentação de nossos resultados operacionais”.

 

Em outras palavras, se a Square perceber o erro, a empresa pode ter que reafirmar suas finanças, o que pode prejudicar o preço ou as operações das ações. No mês passado, a plataforma de pagamento introduziu o bitcoin, o qual foi comprado e vendido para a maioria dos estados por meio da aplicação Cash, permitindo que os usuários enviassem pagamentos na criptografia para amigos e familiares, conforme relatado anteriormente.

Leia Também:  Mercado Global de ATMs Bitcoin deve valer US$ 145 milhões até 2023

Outros riscos:

A Square também percebeu outras dificuldades regulatórias, que poderiam surgir a partir do seu recurso de compra/venda de bitcoins. Na sua apresentação, a Square disse que não acredita que seu serviço de bitcoin se qualifica para oferecer valores mobiliários aos seus clientes, o que significa que não deve ser abrangido por regulamentos estatais ou federais de valores mobiliários. Da mesma forma, a empresa não se vê como corretora ou consultora de investimentos, conforme definido pelas leis de valores mobiliários dos Estados Unidos, ou como negociante de commodities.

Enquanto a Square acredita que essas conclusões são precisas, “a regulamentação das plataformas de criptomoedas ainda é uma área em evolução e é possível que um tribunal ou um regulador federal ou estadual possa discordar de uma ou mais dessas conclusões”, escreveu a empresa. “Se deixarmos de cumprir os regulamentos ou proibições que nos são aplicáveis, poderemos enfrentar ações regulatórias ou de execução e potenciais multas e outras consequências”, continuou a empresa. “Além disso, talvez não possamos continuar a operar o recurso, pelo menos na forma atual, e na medida em que ele seja visto pelo mercado como um bem valioso para a Square, o preço de nossas ações ordinárias pode diminuir”.

 

Siga-nos nas redes sociais
Canal no Telegram Siga-nos no Facebook Acompanhe nosso Twitter Siga-nos no Instaram
Artigo anterior

Por que o mercado de Criptomoedas é tão volátil?

Próximo artigo

Singapura não pretende proibir o Bitcoin, apenas proteger os investidores

Nenhum Comentário

Deixe um comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.