Telegram fica offline na Europa e Ásia e usuários de criptomoedas vão a loucura!

Na última sexta-feira o telegram passou um tempo com problemas em seus servidores, o que afetou o serviço de mensagens em boa parte do planeta.

O popular mensageiro russo confirmou que estava lutando contra o tempo devido a uma inatividade do seu servidor decorrente a uma queda de energia. O problema afetou os usuários na Europa, Oriente Médio e certas partes da Ásia. Parece que a Rússia e os países da Comunidade de Estados Independentes (como Cazaquistão, Armênia e Moldávia) também foram afetados.

Apesar da instabilidade, alguns usuários relataram ser capazes de se conectar ao serviço ocasionalmente.

O fundador do Telegram, Pavel Durov, foi ao Twitter para acalmar os usuários e informar que a equipes está trabalhando para resolver o problema o mais rápido possível.

Grupos de criptomoedas foram a loucura!

Parece que a interrupção do Telegram levou os entusiastas da criptomoeda ao pânico. O mensageiro tornou-se a principal plataforma para debates sobre ativos digitais e blockchain.

Na verdade, muitas startups de criptomoedas estão criando seus próprios grupos de telegram, onde os usuários podem se envolver com fundadores e funcionários e trocar informações entre si.

O Telegram é a empresa que conseguiu angariar mais dinheiro em uma ICO do mundo. Já foram levantados mais de US$ 850 milhões em uma venda simbólica privada. Agora, rumores indicam que a empresa tentar duplicar esse valor, arrecadando outros US$850 milhões. A ICO faz parte do projeto de criação de um sistema de pagamentos integrado ao Telegram que pretende rivalizar com gigantes da indústria como Paypal.

Será que Durov não poderia tirar 1 ou 2 milhões para a criação de um sistema de suporte a quedas de energia com geradores e no-breaks?

Compartilhe este post

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário