Tether é lançado na zk-rollup Hermez Network

Tether é lançado na zk-rollup Hermez Network

O Tether (USDT) já foi lançado na Hermez Network, uma solução de escalabilidade Ethereum baseada no conceito zk-rollup. Os rollups fornecem uma maneira de agrupar ou “acumular” transações para aliviar a carga na rede Ethereum.

A chave para os rollups é o conceito de disponibilidade de dados, o que significa que os dados de estado do rollup estão sempre totalmente disponíveis na cadeia. Na prática, isso significa que a rede Ethereum conhece os saldos de token de todas as contas de usuário no rollup Hermez após cada transação, e esse conhecimento pode ser usado para retirar fundos rapidamente e distribuí-los a seus novos proprietários em caso de mau funcionamento.

Zk-rollups podem ser considerados como “blockchains” separados que são inteiramente dependentes da rede de camada um para segurança. Por meio do uso de zk-SNARKs, o rollup Hermez publica provas regulares para a rede Ethereum que verificam sua correção. Devido à propriedade sucinta dos SNARKs, os dados subjacentes podem ser quase arbitrariamente grandes, enquanto a prova permanecerá de tamanho constante. Isso o torna perfeito para aplicativos de escalabilidade, já que a rede Ethereum é capaz de provar conclusivamente que a rede está funcionando como planejado com apenas uma fração dos dados que o próprio rollup processou.

Ao lançar o USDT no Hermez, o Tether espera aliviar a pressão sobre as taxas do gás Ethereum, onde o contrato do Tether está consistentemente entre os maiores usuários de gás. Como as taxas para transferências de token permanecem consistentemente acima de US$10 no Ethereum – aumentando suas taxas de retirada em resposta – o mercado diversificou significativamente o uso do Tether.

O Tether na rede Tron atingiu paridade com Ethereum em termos de valor transferido – uma conquista significativa para Tron e uma fonte de preocupação para os apoiadores Ethereum. Indiscutivelmente, o fator contribuinte mais significativo para a ascensão de Tron é o suporte de uma série de exchanges, como Binance, Huobi, OKEx e muitas outras que são tradicionalmente associadas a comerciantes asiáticos. O que quer que os usuários possam pensar do Tron, poucos podem argumentar contra suas taxas baixas e aceitação significativa.

Hermez fornece uma alternativa nativa Ethereum para Tron, embora acrescente ao plasma da OMG Network, que, até agora, parece não ter conseguido ganhar tração significativa. Hermez pode atualmente ser acessado usando MetaMask, vinculando-se à carteira Ethereum do usuário. A transação na rede requer a realização de uma transação de depósito da cadeia principal Ethereum, após a qual os fundos ficam disponíveis no rollup. No entanto, sem um número significativo de destinos possíveis para os fundos, a Hermez corre o risco de ser sufocada pela competição de outras cadeias laterais e redes de camada um.

A equipe da Hermez está totalmente ciente dessa situação e está trabalhando para se integrar com o maior número possível de exchanges, mas resta saber se seus esforços serão bem-sucedidos.

Veja mais em: Criptomoedas | Notícias

Compartilhe este post

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.