Transações de Bitcoin permanecem baixas

bitcoin

Apesar do preço do Bitcoin (BTC) ter crescido 45% nos últimos 30 dias, os investidores em criptomoedas não estão mudando seus ativos, de acordo com novos dados.

O provedor de análises Blockchain, Glassnode, divulgou seu novo relatório “The Week On Chain”, observando que o Bitcoin continuou subindo para novos máximos de vários meses, apesar da divergência na atividade on-chain durante a semana.

O relatório descobriu que a atividade on-chain do Bitcoin, como a quantidade de transações ajustadas pela entidade, ainda não respondeu à ação de alta em curso, permanecendo em níveis historicamente baixos entre 175.000 e 200.000 transações diárias. A atividade do Bitcoin na cadeia caiu tão baixo após a quebra do mercado de criptomoedas de maio de 2021 e não subiu acima desse nível desde então.

O número de transações de Bitcoin foi tão baixo apenas algumas vezes nos últimos cinco anos, incluindo a corrida de touros de 2016–2017, em que o Bitcoin atingiu US$20.000 pela primeira vez. O mesmo nível também foi registrado durante o mercado baixista de 2018–2019, já que o preço do Bitcoin despencou 85% em relação ao seu máximo histórico.

Apesar de uma discrepância significativa entre o aumento dos preços e a baixa atividade na rede, a dinâmica geral da oferta permaneceu bastante otimista, de acordo com a Glassnode. Esta semana, a oferta de BTC mantida por detentores de longo prazo atingiu um máximo histórico de 12,69 milhões de BTC, superando o recorde anterior registrado em outubro de 2020.

No início de agosto, a Glassnode relatou que a correção negativa de 50% do Bitcoin em maio pode não ser tão alarmante quanto era em 2018 devido ao forte “comportamento de hodling”.

Veja mais em: Criptomoedas | Notícias

Compartilhe este post

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.