Visa mostra interesse em tecnologia blockchain

a visa

Um das empresas que mais tem peso no mercado de cartões abriu inscrições para apoio financeiro a startups. O anúncio foi feito no dia 6 de fevereiro de 2020. A Visa do Brasil tem como intuito agitar o desenvolvimento desse tipo de tecnologia por aqui. Além disso, está muito interessada em inovações na forma de pagamentos.

Empresas como a exchange Ripio já foram beneficiadas pelo programa em edições passadas. Para participar, a empresa deve realizar a inscrição até o dia 13 de março de 2020.

Além disso, em uma comunicação, a Visa apontou que sua intenção é incentivar inovações que melhoram a experiência do usuário final da aplicação. No entanto, propostas para melhorar a eficiência de processos já consolidados também são interessantes.

Porém, não são todas as startups que podem entrar nesse programa. É importante que a empresa possua uma sólida base de clientes e deve estar em processo de escala. Também é imprescindível haver geração de receita pela startup.

Quais negócios podem participar do programa da Visa?

O vice-presidente da Visa, Percival Jatobá, afirma que a inovação é a grande chave para o sucesso no meio organizacional. Além disso, a inovação faz parte de toda a estrutura da Visa, sendo um de seus principais diferenciais no mercado.

Porém, ele lembra que o mais importante de tudo é causar impacto positivo na sociedade como um todo, fazendo com que pessoas, empresas e a própria economia prosperem. Para isso, é necessário haver aumento de qualidade em diversos segmentos de serviços, e esse é o motivo da Visa lançar esse programa.

O executivo ainda se mostra muito empolgado com essa edição do programa. Ao todo, foram 66 startups beneficiadas pelo programa e estão indo muito bem no mercado, tendo grande destaque e realizando vários negócios importantes.

Quando terminar o prazo para inscrições, as empresas passarão por uma banca avaliadora onde estarão presentes representantes da Visa e do mercado. O resultado da seleção será anunciado em 7 de abril de 2020, onde ocorrerá durante o Pitch Tech da própria Visa.

Áreas de interesse do programa

Embora o programa busque inovação em todas as áreas, existem 12 tipos de negócios que mais chamam a atenção da Visa. Dessa forma, se sua startup está nessa lista e atende aos requisitos do programa, há uma grande chance de ser selecionada pela banca.

A lista completa das áreas de interesse do programa está apresentada abaixo:

  • Pagamentos
  • Transações
  • Gestão Financeira
  • Big Data
  • Machine Learning
  • Inteligência Artificial
  • Automação Comercial
  • Gestão de Vendas e soluções para PDV
  • Melhorias de processos
  • CRM
  • Blockchain
  • Mobilidade Urbana

É importante ser apontado o papel da Visa no mercado global. Assim devemos dizer que essa empresa tem trabalhado para uma integração entre diversas tecnologias e plataformas. Dentre seus trabalhos, podemos citar a integração entre o sistema convencional de pagamentos e o uso de Bitcoin.

Só para exemplificar, temos a Alterbank, uma startup responsável por introduzir o uso de Bitcoin nos cartões Visa. Essa tecnologia permite que tais cartões sejam “carregados” com a criptomoeda. Sendo assim, há uma maior abertura para as criptos no dia a dia da população.

Fonte: Visa

Compartilhe este post

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário