Durante entrevista, Warren diz que bitcoin vai “acabar mal”

Durante entrevista, Warren diz que bitcoin vai "acabar mal"

Durante sua entrevista à CNBC em 2 de março, a senadora Elizabeth Warren previu que o Bitcoin vai “terminar mal” quando questionada sobre os comentários da secretária do Tesouro, Janet Yellen, sobre a criptomoeda carro-chefe. Ela acredita que a moeda de cima é especulativa por natureza.

Yellen disse que o Bitcoin apresentou uma forma “extremamente ineficiente” de conduzir transações no final de fevereiro, além de criticar seu uso ilícito e volatilidade.

Descrevendo Yellen como “uma mulher muito inteligente”, Warren afirma que não havia espaço para ambiguidades em suas palavras.

A democrata de Massachusetts ainda não fez nenhuma declaração pública sobre como o Bitcoin deve ser regulamentado. Durante uma reunião do Comitê Bancário do Senado em 2018, que contou com a participação do notório crítico de criptomoedas Nouriel Roubini, ela defendeu o incentivo à produtividade das moedas digitais e ao mesmo tempo protegeu os consumidores:

O desafio é como nutrir os aspectos produtivos da criptomoeda e, ao mesmo tempo, proteger os consumidores.

Warren vai atrás de ultra-milionários

A proeminente legisladora continua lutando contra os “ultra-milionários”, revivendo seu polêmico plano de tributar os americanos mais ricos. Qualquer pessoa com um patrimônio líquido de mais de US$ 50 milhões teria que desembolsar uma taxa de 2% de acordo com sua legislação recentemente introduzida.

A agenda de “taxar os ricos” de Warren foi duramente criticada por alguns membros da comunidade das criptomoedas em 2019, com o CEO da IOHK e criador da Cardano, Charles Hoskinson, chamando-a de “bom e velho roubo”.

Traduzido e adaptado de: u.today

Compartilhe este post

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *