Autoridades européias investigam golpe com Bitcoin

A Interpol está, em nome das autoridades austríacas, em busca de suspeitos de aplicar um golpe em um esquema envolvendo Bitcoin, que afetou cerca de 10.000 investidores no país e exterior e ocasionou perda de milhões de dólares.

O foco da investigação, de acordo com a Bloomberg, é a empresa Optioment, que teria prometido retorno de até 4% por semana em bitcoins aos investidores. No entanto, ao que parece, a empresa deixou de funcionar, devido a suspeita do esquema de pirâmides.

Já foram identificados pela polícia dois suspeitos, ambos austríacos, no entanto, prisões ainda não foram realizadas.

Chama atenção o fato desses roubos estarem se tornando mais comuns, em vários países. No Brasil, já tivemos casos desse tipo como a fraude da Kriptacoin, aonde a Polícia Federal desmanchou o esquema da quadrilha avaliado em mais de R$250 milhões. No Ceará, a empresa ADS Play, deixou um prejuízo de quase R$2 milhões no esquema de pirâmide que prejudicou mais de 100 pessoas.

Sempre desconfie de sites, pessoas e empresas que prometam retorno garantido, ainda que de uma pequena porcentagem sobre as aplicações. A chance de estar entrando em um esquema de pirâmide ou aplicando em empresas criminosas é enorme.

Aqui na 99 Cripto você pode conferir a Blacklist com os nomes de empresas e sites que não são confiáveis e que devem ser evitados. Você também pode conferir essa matéria sobre os maiores roubos de criptomoedas da história.

Compartilhe este post

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário