Banco Central do Brasil lança o sistema de pagamento PIX

Banco Central do Brasil lança o sistema de pagamento PIX com características de criptomoedas

O Banco Central do Brasil deve lançar um novo sistema de pagamento que, segundo ele, oferecerá transferências quase instantâneas de fundos. O novo sistema de pagamento está programado para ser lançado em novembro.

O novo sistema será referido como PIX, um pequeno formulário para o Sistema de pagamento instantâneo do Brasil. A plataforma permitirá transferências ponto a ponto e empresa a empresa (B2B) dentro de 10 segundos por meio de telefones celulares, caixas eletrônicos selecionados e serviços bancários na Internet.

Em comunicado divulgado em 20 de fevereiro, todas as instituições financeiras e de pagamento regulamentadas pelo Banco Central do Brasil são obrigadas a fornecer as funcionalidades necessárias a seus clientes ativos para facilitar a transferência das transferências PIX. O comunicado à imprensa também indica que os códigos QR serão usados ​​para execução de transações. Os usuários também podem usar detalhes de identificação como número de identificação de contribuinte, número de telefone ou email.

Uma resposta para Criptomoedas

 

O diretor do banco central Roberto Campos explicou que a nova plataforma está definida para competir diretamente com os sistemas de pagamento baseados em livros distribuídos. Ele afirmou que a idéia por trás da criação do PIX era necessária pelo desejo de ter uma plataforma de pagamento segura, transparente, barata e rápida. Ele acrescentou que o novo sistema está definido para ter características como as do Bitcoin e outras criptomoedas.

Banco Central do Brasil lança o sistema de pagamento PIX com características de criptomoedas
Banco Central do Brasil lança o sistema de pagamento PIX com características de criptomoedas.

Campos também afirmou que a plataforma PIX será a principal prioridade do banco central este ano. Ele foi adiante, afirmando que a plataforma será fundamental para eliminar a necessidade de os indivíduos sempre terem moedas físicas, o que leva a um alto custo para a sociedade.

O comunicado também afirma que o banco central e a Secretaria do Tesouro do Brasil já assinaram um acordo que permitirá aos brasileiros remeter seus impostos federais através do PIX a partir de novembro deste ano. Além disso, o governo brasileiro deve fornecer vários pagamentos, como reembolso de imposto de renda, subsídios e benefícios sociais via PIX em um futuro próximo. O objetivo é aprimorar a adoção em massa da plataforma.

Traduzido e adaptado de: bitcoinexchangeguide.com

Compartilhe este post

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *