Início»Criptomoedas»Clube de futebol brasileiro lança token para fãs

Clube de futebol brasileiro lança token para fãs

66
Compartilhamentos
Pinterest Google+

O último time de futebol a adotar a criptomoeda é o clube de futebol brasileiro Atletico Mineiro, que está lançando um token para os fãs chamados “Galo Coins”.

A relação entre a indústria de criptomoedas e o futebol está em alta, já que esportes e moedas digitais são uma união feita no céu. Como a criptomoeda procura ganhar maior tração no mainstream, nada é mais mainstream do que o futebol.

O Atlético Mineiro é um clube da Primeira Divisão brasileira que está fazendo as notícias para criar suas próprias Galo Coins, que é uma criptomoeda para os fãs do clube que lhes permite comprar ingressos para jogos e mercadorias, além de obter vários descontos no clube.

A palavra “Galo” refere-se ao que é o mascote do clube. A mudança faz do Atlético Mineiro o primeiro clube de futebol brasileiro a lançar uma criptomoeda baseada em blockchain para pagamentos em toda a América do Sul.

A melhor parte da moeda é sua simplicidade, que é essencial quando se tenta atrair novos usuários de criptomoedas. As moedas do Galo têm o mesmo preço da moeda real brasileira. Os fãs precisam comprar pelo menos 50 Galo Coins, que é de aproximadamente US$ 13 para poder usar os tokens.

Clube de futebol brasileiro lança token para fãs
Clube de futebol brasileiro lança token para fãs.

O token é semelhante à plataforma FootCoin e permite que os usuários troquem as moedas Galo por tokens Ethereum. Outros clubes de futebol de primeira divisão em toda a Europa que atualmente usam o mesmo conceito são o Paris Saint Germain e os gigantes italianos do futebol Juventus.

Leia Também:  Depois de várias celebridades, Luis Figo ex-jogador de futebol, vai apoiar uma ICO

Futebol e criptomoedas andam juntos como pé e chuteira! Nos últimos tempos, vimos lendas do futebol, como Ronaldinho, criar sua própria Ronaldinho Soccer Coin (RSC), que pretende lançar uma variedade de estádios de futebol em todo o mundo.

Outros jogadores de renome mundial, como Didier Drogba, Michael Owen, Roberto Carlos, Luis Figo e Lionel Messi também se juntaram ao mundo das criptomoedas, seja criando suas próprias moedas ou endossando outro token.

No início deste ano, Gibraltar United se tornou o primeiro time de futebol do mundo a pagar seus jogadores em moedas digitais. O dono do clube, Pablo Dana, criou seu próprio token, o Quantocoin, que poderia muito bem ser usada como modelo para os clubes que desejam integrar as moedas digitais em seus clubes de futebol.

Como o futebol e a criptomoedas criam uma parceria que pode mudar a forma como os torcedores compram ingressos e mercadorias, será interessante ver como o token do Atlético Mineiro se estende a curto e a longo prazo.

Traduzido e adaptado de : ccn.com

Siga-nos nas redes sociais
Canal no Telegram Siga-nos no Facebook Acompanhe nosso Twitter Siga-nos no Instaram
Artigo anterior

Primeiro empréstimo através da tecnologia blockchain fechado pela Porsche

Próximo artigo

Bitcoin salta 11% no seu aniversário de um ano da sua máxima histórica

Nenhum Comentário

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.