Coinbase permite que usuários compartilhem suas alocações

Coinbase permite que usuários compartilhem suas alocações

Todos os cerca de 68 milhões de usuários verificados da Coinbase com base nos Estados Unidos para exchange de criptomoedas, podem agora tornar públicas as informações de seu portfólio com mais facilidade.

Em uma postagem no blog da Coinbase, o gerente de produto sênior, Rishav Mukherji, disse que o aplicativo da exchange agora inclui um recurso que compartilha a porcentagem de alocação de um usuário – não os saldos – para sua rede de amigos. Ele disse que este seria apenas o primeiro movimento nas próximas semanas para os usuários começarem a compartilhar detalhes adicionais sobre as negociações conduzidas na Coinbase. Mukherji disse:

“Queremos capacitar a cripto-economia para compartilhar conhecimento e informações e aprender uns com os outros.”

Com um número relatado de 8,8 milhões de usuários ativos mensais no segundo trimestre de 2021, a Coinbase é a maior exchange de criptomoedas nos Estados Unidos, relatando mais de US$1,2 bilhão em receitas no terceiro trimestre. Os lucros da empresa totalizaram US$406 milhões no mesmo trimestre, marcando uma diminuição de 74,7% em comparação com os do segundo trimestre.

A integração da mídia social é em grande parte um novo movimento para a Coinbase, embora alguns possam considerar grandes figuras que divulgam publicamente até mesmo a porcentagem de alocação de seus fundos um indicador de mercado. Nesta semana, o CEO e bilionário da Apple Tim Cook revelou pela primeira vez que tinha algumas criptomoedas em seu portfólio, mas não especificou qual tipo e quanto. Outros, incluindo a estrela de Shark Tank, Kevin O’Leary e o apresentador de Mad Money, Jim Cramer, têm sido mais abertos sobre o compartilhamento de porcentagens criptográficas de seus portfólios.

Veja mais em: Notícias

Compartilhe este post

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.