Os crimes com criptomoedas diminuíram em 2020

Os crimes com criptomoedas diminuíram em 2020

De acordo com a Chainalysis , o crime relacionado à moeda digital diminuiu significativamente de 2019 a 2020. A Chainalysis descobriu que, em 2020, o volume de transações criminosas era de cerca de US$ 10 bilhões, cerca de 0,34% de todo o volume de transações em moeda digital, em comparação com 2019, quando os fluxos de transações criminosas eram aproximadamente US$ 21,4 bilhões e representou 2,1% de todo o volume de transações em moeda digital.

Que tipo de crime?

O relatório descobriu que a maioria dos crimes ocorridos em 2020 veio na forma de golpes relacionados à moeda digital; seguido pela atividade do mercado darknet e ataques de ransomware.

Mesmo que os golpes fossem o tipo de crime visto com mais frequência em 2020, a quantidade de dinheiro que os golpes de moeda digital arrecadaram em 2020 foi 72% menor do que a quantidade de dinheiro que os golpes de moeda digital arrecadaram em 2019.

Por outro lado, os ataques de ransomware tiveram um aumento de 311% na quantia de dinheiro que eles trouxeram em comparação com 2019, enquanto as atividades de mercado darknet trouxeram 29% a mais do que em 2019.

Por que os números estão baixos?

Em 2020, vimos agências governamentais em todo o mundo fazerem repressão aos provedores de serviços de moeda digital que deixavam seus usuários voar à noite. Muitas plataformas que permitiam aos consumidores usar seus serviços sem passar pelos procedimentos de inscrição KYC e AML foram instruídas a implementar medidas KYC e AML ou fechar a loja. BitMEX foi um dos maiores provedores de serviço que teve que implementar a conformidade KYC obrigatória para sua base de usuários. Também vimos LocalBitcoins limitar sua oferta de serviço a apenas 10 estados devido ao escrutínio regulatório cada vez maior.

Ao contrário dos primeiros dias da tecnologia blockchain, as agências governamentais agora têm uma maneira de rastrear, identificar e capturar cibercriminosos que usam moeda digital. Quase todas as empresas de análise de blockchain podem rastrear transações ilícitas desde sua origem até seu destino; e com o passar do tempo, ficará cada vez mais difícil para os criminosos usar qualquer tipo de tecnologia baseada em blockchain para executar crimes.

Traduzido e adaptado de: coingeek.com

Compartilhe este post

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *