O criador do dinheiro digital, David Chaum, anuncia nova criptomoeda resistente a computadores quânticos

O criador do dinheiro digital David Chaum, anuncia nova criptomoeda resistente a computadores quânticos

O pioneiro das criptomoedas, David Chaum, revelou uma nova moeda digital suportada por uma blockchain resistente ao quantum, Praxxis.

Projetado para alavancar sua plataforma irmã de proteção à privacidade, a Elixxir, a Praxxis foi desenvolvida com cautela sob a liderança de Chaum na WBM Corp das Ilhas Cayman.

Com base nas quatro décadas de experiência de Chaum trabalhando em moeda digital, votação e consenso distribuído, a Praxxis apresenta uma nova abordagem para o consenso que, segundo Chaum, supera os desafios de escalabilidade, privacidade e segurança enfrentados pelas blockchains herdadas.

“Estou entusiasmado por poder revelar que estamos trabalhando na moeda digital descentralizada Praxxis para suportar transações financeiras de alta velocidade”, diz Chaum. “O mundo também precisa da tecnologia de comunicação Elixxir, já que é a única forma prática conhecida de destruir os metadados que são inevitavelmente criados à medida que vivemos nossas vidas digitais. Um melhor tipo de consenso, comparado com o que os poderes atuais bloqueiam, é necessário para apoiar o Elixxir – agora rodando em Alpha sem consenso ”.

O criador do dinheiro digital David Chaum, anuncia nova criptomoeda resistente a computadores quânticos
O criador do dinheiro digital David Chaum, anuncia nova criptomoeda resistente a computadores quânticos.

Praxxis é capaz de finalizar pagamentos em escala e velocidade, enquanto sua estrutura de moeda denominada permite que os pagamentos sejam divididos em moedas individuais, que podem ser misturadas com moedas de outros pagamentos para fornecer privacidade.

Também evita os pontos fracos de segurança das atuais ferramentas criptográficas populares usando criptografia distinta que é altamente resistente até mesmo ao ataque em nível quântico.

Detalhes completos da abordagem Praxxis serão publicados em um documento no final deste ano. Os usuários podem testar e interagir com as redes Praxxis e Elixxir por meio do aplicativo comunitário do Chaum, o xx collective.

Traduzido e adaptado de: fintechfutures.com

Deixe um comentário