Início»Informação»Defensor de Blockchain e Criptomoedas é indicado por Jair Bolsonaro como chefe do Banco Central

Defensor de Blockchain e Criptomoedas é indicado por Jair Bolsonaro como chefe do Banco Central

2
Compartilhamentos
Pinterest Google+

O novo presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, decidiu promover uma evolução tecnológica e tornar o país uma referência regional na adoção e uso de blockchain e ativos digitais para otimizar o controle e o desenho de políticas públicas.

De acordo com um artigo publicado pela Reuters, o economista Roberto Campos Neto foi indicado pelo presidente Jair Bolsonaro como chefe do Banco Central. Campos tem sido um forte defensor das tecnologias blockchain. De fato, de acordo com o relatório, Campos Neto já enviou uma carta ao Senado brasileiro descrevendo seu histórico de sucesso como o homem por trás de uma série de inovações tecnológicas em vários bancos e prestadores de serviços financeiros.

Campos Neto já tem a indicação de Bolsonaro, mas ele deve ter a ratificação do Senado para assumir a presidência do Banco Central. Essa decisão pode acontecer no final de março, se tudo correr conforme o planejado.

Na carta ao Senado, Campos Neto explica sua intenção de preparar o Banco Central para adotar tecnologias de blockchain. Ele menciona que já realizou um estudo intensivo de tecnologias de blockchain e ativos digitais:

Defensor de Blockchain e Criptomoedas é indicado por Jair Bolsonaro como chefe do Banco Central.

“Estudei e dediquei-me intensamente ao design do que será o sistema financeiro do futuro. Participei de estudos sobre blockchain e ativos digitais. Uma das contribuições que espero trazer ao Banco Central é preparar a instituição para o mercado futuro, onde as tecnologias avançam exponencialmente, gerando transformações mais rápidas ”.

Leia Também:  Série: As principais Criptomoedas do Mundo – Tron

A administração de Campos Neto continua os esforços iniciados pelo atual presidente do Banco Central, Ilan Goldfajn, que já havia preparado o caminho para implementar pagamentos instantâneos com transferências bancárias em tempo real.

Até o momento, o governo de Bolsonaro não estabeleceu uma posição oficial no mercado de criptomoedas, no entanto, em junho de 2018, Goldfajn iniciou um projeto que usaria a tecnologia blockchain para permitir uma troca rápida e segura de dados entre agências reguladoras.

Além disso, no meio do ano passado, Goldfajn descreveu o Bitcoin como um ativo de risco com uma tecnologia subjacente muito inovadora. Até agora, não se sabe qual poderia ser o futuro para o Sr. Goldfajn, no entanto, dado seus bons resultados na posição anterior, é muito provável que ele esteja sendo considerado para posições similares.

Traduzido e adaptado de : ethereumworldnews.com

Siga-nos nas redes sociais
Canal no Telegram Siga-nos no Facebook Acompanhe nosso Twitter Siga-nos no Instaram
Artigo anterior

Sistema de Transporte Público da Argentina agora aceita Bitcoin

Próximo artigo

App que rouba criptomoedas do seu telefone disponível na Google Play

Nenhum Comentário

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.