Dono da exchange RG Coins pega 10 anos de prisão

Dono da exchange RG Coins pega 10 anos de prisão

Rossen Iossifov, o detentor da plataforma da exchange de criptomoedas RG Coins, foi condenado a 10 anos de prisão por lavagem de dinheiro.

Um júri federal em Frankfort Kentucky, considerou o cidadão búlgaro culpado de conspiração para cometer extorsão e lavagem de dinheiro em setembro de 2020. O veredicto de culpado veio após apenas um período de julgamento de duas semanas.

De acordo com o Departamento de Justiça dos Estados Unidos, Iossifov e outros atores principais da RG Coins participaram de uma elaborada conspiração de lavagem de dinheiro que enganou pelo menos 900 americanos em mais de US$7 milhões.

Como parte do golpe, Iossifov e outros co-conspiradores anunciaram nos principais canais de leilão, como Craigslist e eBay, itens de luxo inexistentes. Os fundos dessa operação eram rotineiramente encaminhados por meio de pagamentos criptográficos para organizações criminosas.

O comunicado do Departamento de Justiça também revelou que Iossifov lavou dinheiro para a AOAF, um conhecido sindicato do crime cibernético com sede na Europa Oriental. No total, Iossifov permitiu que quase $5 milhões em dinheiro sujo passassem pela plataforma RG Coins em troca de criptomoedas.

Apesar das afirmações, a plataforma RG Coins de Iossifov, com base na Bulgária, não exigia nenhuma conformidade do Know Your Customer. O búlgaro condenado também teria ganho US$184.000 com o produto dessas transações de lavagem de dinheiro.

Dos 20 principais atores do esquema de lavagem de dinheiro RG Coins, 17 já foram condenados. A pena de prisão de Iossifov é a mais longa das sete pessoas condenadas até agora. As autoridades ainda estão em busca dos três fugitivos que ainda estão foragidos.

Como prisioneiro federal nos EUA, Iossifov terá que cumprir pelo menos 85% de sua pena de prisão de 121 meses.

Iossifov é o mais recente operador de exchange de criptomoedas a ser preso por lavagem de dinheiro. Em dezembro de 2020, um tribunal francês condenou Alexander Vinnik a cinco anos de prisão por seu papel no caso de lavagem de dinheiro BTC-e.

Veja mais em: Criptomoedas | Notícias

Compartilhe este post

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *