Eike Batista suspeito de lavagem de dinheiro usando Bitcoin

Eike Batista suspeito de lavagem de dinheiro usando Bitcoin

Notas referentes ao câmbio digital em nome de Flávia Sampaio foram encontradas na casa do empresário.

O Ministério Público Federal está investigando a participação do empresário Eike Batista no mercado de criptomoedas.

A investigação começou na quinta-feira (8), durante o lançamento da Operação Secret Midas, que levou à prisão temporária do empresário.

Os promotores encontraram notas na casa do empresário referindo-se ao comércio de criptomoedas em nome de Flávia Sampaio, esposa de Eike. O manuscrito inclui um login de conta e senha na Apple e no Bitcoin Trade, a plataforma de negociação de moeda digital.

“Embora a esposa do homem, Sra. Flávia, não esteja sendo investigada, é bem possível, dada a evidência de um meio usual de lavagem de dinheiro, que a mulher esteja usando o nome e a conta da esposa para garantir a ocultação dos lucros ou rendimentos criminalidade “, escreveu o Procurador Federal.

Eike Batista suspeito de lavagem de dinheiro usando Bitcoins
Eike Batista suspeito de lavagem de dinheiro usando Bitcoin.

O juiz Marcelo Bretas autorizou o uso de senhas para acessar informações.

Eike é suspeito de negociar no subsolo das bolsas de valores. Segundo os investigadores, ele comprou e vendeu ações, mas não em seu nome. Ele usou uma empresa criada pelo banqueiro Eduardo Plaz.

Investigações indicam que o objetivo de Eike era influenciar o valor das ações que ele comprou. Em muitos casos, ele nem poderia realmente fazer essas compras em seu nome.

Adaptado de: folha.uol.com.br

Deixe um comentário