Elon Musk será processado por desistência de compra do Twitter?

Elon Musk será processado por desistência de compra do Twitter

A plataforma de mídia social Twitter está procurando entrar com uma ação ainda nesta semana contra o CEO da Telsa, Elon Musk, depois que ele anunciou sua intenção de encerrar o acordo de US$44 bilhões para adquirir a rede social.

A Bloomberg informou que a empresa contratou o escritório de advocacia corporativa Wachtell, Lipton, Rosen & Katz e levará o caso ao Delaware Court of Chancery, um tribunal sem júri que lida com direito corporativo no estado de Delaware.

No entanto, não está claro se o possível processo acabará com Musk comprando a plataforma, seja pelo preço previamente acordado, a um preço renegociado ou não.

Na semana passada, o presidente do Twitter, Bret Taylor, prometeu entrar com uma ação legal contra Musk por tentar desistir do acordo, afirmando que o conselho está comprometido em fechar a transação conforme acordado anteriormente e planejava buscar uma ação legal para fazer cumprir o acordo de fusão.

No entanto, alguns acreditam que a decisão de Musk de encerrar o acordo pode ser apenas mais uma tática para renegociar os termos do caro acordo.

O fundador e CEO da Accelerate Financial, Julian Klymochko, disse a seus 24.200 seguidores que um acordo negociado será o resultado mais provável.

Angelo Zino, analista da CFRA Research, fez uma previsão semelhante à organização de mídia sem fins lucrativos NPR de que não haveria nenhuma chance de o acordo ser concluído a US$54,20 por ação, conforme acordado anteriormente. Ele disse:

“Ou você verá uma queda de 15 a 20% no preço da oferta para envolver Elon Musk novamente, ou ele continuará jogando.”

O bilionário fechou o acordo para comprar o Twitter por US$54,20 por ação em 25 de abril, mas o preço das ações da plataforma caiu 32,1% desde então, para US$36,81 por ação.

Musk também tem um caminho para sair do acordo, mas será atingido com uma “taxa de rescisão” de US$1 bilhão a pagar, de acordo com o arquivo inicial da Securities and Exchange Commission apresentado em 25 de abril.

A decisão de Musk de deixar de ser dono do Twitter foi vista principalmente como negativa pela comunidade de criptomoedas da plataforma, que apoiou seus planos de remover todas as contas de spam e bots fraudulentos da plataforma.

Uma pesquisa da plataforma de negociação de criptomoedas OKX descobriu que 38,8% dos entrevistados disseram que Musk encerrar sua oferta seria ruim para o Crypto Twitter devido à proliferação de bots de spam. No entanto, a maioria, 40,4%, disse que não se importava.

Outros depositaram suas esperanças de que Musk pudesse usar os fundos para resgatar a indústria de criptomoedas em meio ao longo inverno.

A intenção de Elon Musk de encerrar o acordo de US$44 bilhões com o Twitter foi enviada como uma carta ao conselho. A carta dizia que Musk está encerrando a fusão porque o Twitter “parece ter feito representações falsas e enganosas”, argumentando que a rede social não foi clara sobre seu processo de auditoria de spam e contas falsas e identificação e suspensão de tais contas.

Reagindo à notícia, Musk expressou sua diversão compartilhando uma imagem de meme de si mesmo sugerindo que o processo forçará o Twitter a compartilhar os dados sobre a atividade do bot.


Veja mais em: Notícias

Compartilhe este post

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.