Empresa de Blockchain encontra milhões em carteira de criptomoedas sancionada

Empresa de Blockchain encontra milhões em carteira de criptomoedas sancionada

A empresa forense e de segurança, Blockchain Elliptic, tem trabalhado com autoridades para expor carteiras de criptomoedas afiliadas a indivíduos ou organizações sancionadas.

A empresa sediada no Reino Unido descobriu uma carteira com “propriedades significativas de ativos criptográficos” na casa dos milhões de dólares que podem estar vinculados a autoridades e oligarcas russos sancionados.

O cofundador da Elliptic, Tom Robinson, disse que as criptomoedas poderiam ser usadas para evasão de sanções. No entanto, foi amplamente divulgado e agora é geralmente aceito que é muito improvável que a Rússia se vire para ativos criptográficos para contornar as sanções.

O relatório não especificou o valor exato das criptomoedas na carteira descoberta ou a natureza dos ativos que possuía. Robinson acrescentou que a escala do uso de criptomoedas está em questão, explicando:

“Não está provando ser realista que os oligarcas possam contornar completamente as sanções transferindo toda a sua riqueza para criptomoedas. As criptomoedas são altamente rastreáveis. Criptomoedas podem e serão usadas para evasão de sanções.”

A Elliptic já identificou mais de 400 serviços de criptomoedas que permitem que usuários anônimos negociem ativos digitais com rublos. Também conectou mais de 15 milhões de endereços criptográficos a atividades criminosas relacionadas à Rússia.

Robinson acrescentou que as atividades relacionadas ao rublo em alguns desses serviços aumentaram na semana anterior ao início da guerra. O Tornado Cash, que anonimiza as transações Ethereum e ERC-20, é um desses provedores que se recusou a restringir serviços ou cumprir sanções. Em referência às exchanges de alto perfil, como Coinbase e Binance, que atenderam às solicitações de sanções dos reguladores globais, Robinson disse:

“Em geral, o nível de conformidade com as sanções é muito alto.”

A Elliptic também tem rastreado doações de criptomoedas em apoio ao esforço humanitário ucraniano. Sua última atualização revelou que havia um total de US$63,8 milhões enviados ao governo ucraniano e a uma ONG que presta apoio aos militares.

A Merkel Science recorreu a várias fontes para seu relatório, que mostra um valor muito maior de US$93,6 milhões em doações totais de criptomoedas para a Ucrânia.

Veja mais em: Notícias

Compartilhe este post

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.