Escola Blockchain lançada na Índia com cursos online para preparar desenvolvedores

Subsidiária do projeto de criptomoeda Cardano, a Emurgo recentemente afirmou desenvolver, apoiar e incubar startups comerciais após o lançamento de uma academia de blockchain na Índia para treinar mais de 2.500 desenvolvedores de blockchain.

De acordo com fontes próximas ao desenvolvimento do projeto, a Emurgo estabeleceu sua academia para blockchain na Índia e está se preparando para treinar mais de 2.000 desenvolvedores até o final deste ano.

A empresa diz que eles estão planejando colaborar com cerca de 200 instituições no país este ano, bem como a criação de escritórios em várias cidades da Índia, incluindo Hyderabad, Delhi, Pune, Mumbai e Chennai antes de 2020.

A equipe queria deixar claro que o programa em tempo integral, que começa no final de abril de 2019, seria dividido em vários cursos on-line e off-line.

Todo o programa será executado por 175 horas e é projetado tanto para desenvolvedores especialistas quanto para pessoas que são novatas em codificação. Segundo consta, “o treinamento será conduzido tanto por pequenas e médias empresas focadas em blockchain (PMEs) quanto por especialistas experientes no espaço blockchain”.

Mesmo sendo novo, vale a pena dizer que a tecnologia blockchain está lenta mas seguramente sendo adotada por várias empresas ao redor do mundo em diferentes setores da economia. Fintech e saúde são bons exemplos disso.

Desenvolvimento Blockchain

Devido ao rápido desenvolvimento dos blockchains em diferentes setores, há uma alta demanda por ele. Uma tecnologia tão revolucionária tem uma grande demanda, mas ainda há uma escassez significativa no número de profissionais que entendem completamente a tecnologia.

Escola Blockchain lançada na Índia com cursos online para preparar desenvolvedores.

Conforme relatado, “nesse contexto, CEO da Emurgo Academy, E. Venkatesan declarou explicitamente que o projeto visa treinar desenvolvedores de blockchain que podem preencher a lacuna DLT em PMEs, já que essas startups podem não conseguir treinar suas habilidades, funcionários internamente ”.

Notícias surgiram em setembro que a grande rede de quatro profissionais de serviços, a PwC estava procurando treinar 1.000 de seus funcionários em blockchain e outras tecnologias.

Embora a iniciativa Emurgo seja um desenvolvimento bem-vindo, é importante notar que a plataforma não é a primeira a lançar um programa tão grande. Esse é um grande sinal de que não há tempo para esperar até que o problema da falta de desenvolvedores de DLT seja totalmente resolvido.

Traduzido e adaptado de : cryptodaily.co.uk

Deixe um comentário