Exchange sul-coreana hackeada e o preço do Bitcoin despenca

O Bitcoin caiu mais de 10% ontem (10 de junho) para seu menor preço em dois meses, depois que uma bolsa de criptomoedas relativamente pequena na Coreia do Sul registrou uma invasão. A queda amplia as perdas do bitcoin desde o ano para até 50%, eliminando cerca de US$ 120 bilhões de seu valor de mercado este ano.

A Coinrail, que está entre as 100 maiores exchanges de criptomoedas do mundo por volume de transações, disse em um comunicado que algumas das altcoins menos conhecidas, como a NPXS, pertencentes a seus usuários foram roubadas por hackers. A exchange disse que congelou as fichas que foram roubadas e interrompeu todas as negociações na bolsa para ajudar na investigação policial.

Embora a Coinrail não tenha especificado o valor do roubo, um endereço de carteira ligado ao suposto invasor revela que uma quantia superior a US$ 40 milhões foram roubados em criptomoedas.

Outras grandes criptomoedas, incluindo ethereum e ripple, também despencaram, com cerca de US$ 45 bilhões eliminados do valor total do mercado de criptomoedas nas últimas 24 horas, segundo a CoinMarketCap.

Cerca de 1,1 bilhão de dólares em criptomoeda foram roubados por hackers no primeiro semestre deste ano, de acordo com um relatório recente da empresa de segurança cibernética Carbon Black.

A queda dos preços também foram relacionados a um relatório divulgado na sexta-feira pelo Wall Street Journal (“paywall”) que falava que  reguladores norte-americanos estão investigando quatro grandes exchanges de criptomoedas, incluindo a Coinbase e a Bitstamp, por manipulação de preços.

Compartilhe este post

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário