IBM se junta a fundação que propõe a construção de rede de identificação global

A International Business Machines Corp(IBM). juntou-se a uma organização privada sem fins lucrativos chamada Sovrin Foundation, que busca construir um sistema global de identidade descentralizada baseado na tecnologia blockchain.

A Big Blue (forma que a empresa é conhecida nos Estados Unidos) se unirá à organização sem fins lucrativos como uma “fundadora”, dedicando hardware, segurança e capacidade de rede para ajudar a criar uma rede de identidade digital para indivíduos e empresas, disse o presidente da Sovrin Foundation, Phil Windley, na quinta feira.

Outras empresas internacionais de TI já participam, lideradas pela unidade de pesquisa e inovação em telecomunicações Deutsche Telekom, disse Sovrin.

“A maneira como vivemos e trabalhamos online é bem diferente do mundo físico”, disse Windley. “Ao criar um sistema de identidade digital global, o Sovrin está tentando tornar o mundo online tão autêntico e interativo quanto o mundo físico”.

A rede de identidade do Sovrin usa a tecnologia do livro contábil distribuído mais famosos do mundo, a blockchain, para permitir a troca segura de credenciais assinadas criptograficamente para provar as informações de identidade digital de um proprietário.

“Acreditamos que a adoção da blockchain é uma oportunidade para um novo modelo de confiança, onde indivíduos e organizações podem compartilhar informações confidenciais e credenciais sem um intermediário”, disse Marie Wieck, gerente geral da IBM Blockchain, em um comunicado.

A IBM, que não forneceu uma estimativa de custo para sua contribuição, tem estado ativa em participar de iniciativas de blockchain e está disposta a permanecer na vanguarda dos desenvolvimentos no espaço.

A rede Sovrin está atualmente funcionando com capacidade limitada, mas estará mais amplamente disponível em meados de 2018, disse Windley.

Segundo a fundação, os sistemas de identidade existentes são falhos, com mais de 2,9 bilhões de registros comprometidos em vários incidentes de segurança entre setores em 2017.

“Essas violações de segurança prejudiciais e dispendiosas são uma consequência da Internet ser desenvolvida sem uma verdadeira camada de identidade”, disse Sovrin.

“Para resolver essa falha de infra-estrutura, a rede Sovrin foi construída especificamente para adicionar a camada de identidade ausente à Internet.”

A rede Sovrin é baseada em padrões emergentes do World Wide Web Consortium, que padroniza o formato das credenciais assinadas digitalmente.

Compartilhe este post

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário