Início»Criptomoedas»Bitcoin»Pesquisas no Google por Bitcoin e Ethereum atingem mínimas de 18 meses

Pesquisas no Google por Bitcoin e Ethereum atingem mínimas de 18 meses

11
Compartilhamentos
Pinterest Google+

Pesquisas no Google por Bitcoin e Ethereum atingem mínimas de 18 meses o que reflete na queda dos volumes de negociações em algumas exchanges.

O interesse por criptomoedas, segundo o Google, continua caindo, chegando a taxa de buscas mais baixa do ano.

O Google Trends é uma serviço do Google que indica o interesse das pessoas que utilizam o site de buscas. De 0 a 100, a ferramenta classifica os termos de acordo com a quantidade de vezes que ele é buscado, depois gera um relatório com os dados coletados. São esses resultados que têm mostrado que as pessoas não buscam por “Bitcoin” tanto quanto antes.

Desde a semana passada, a frequência global de pesquisas por “Bitcoin” caiu para 8, o que é um número bem baixo.

Esse valor só foi visto pela última vez no final de abril de 2017, o que significa que o interesse de pesquisa por Bitcoin agora está em uma baixa de 18 meses.

Pesquisas no Google por Bitcoin
Pesquisas no Google por Bitcoin e Ethereum atingem mínimas de 18 meses

Da mesma forma, esta mesma tendência pode ser encontrada com Ethereum, que caiu de 72 no início de janeiro para apenas 9.

Essa tendência coincide com uma queda na atividade dos investidores nas principais exchanges. Por exemplo, o volume de negócios da Coinbase, que é baseada em São Francisco, caiu 83% desde que atingiu as máximas históricas de janeiro.

Leia Também:  Aumento nas buscas por "Bitcoin" no Google chama a atenção dos traders

No entanto, apesar da falta de interesse em pesquisa e negociação, os pesquisadores estão projetando que o volume global de negócios saltará 50% em 2019 e continuará crescendo aproximadamente 9% ao ano até 2028. Esse crescimento provavelmente exigirá uma nova onda de adoção em massa o que irá correlacionar com um aumento no volume de pesquisa.

Embora ambas as moedas tenham sofrido grandes perdas em 2018, BTC e a ETH ainda representam cerca de 65% do AltDex 100 Index, um índice de referência para criptomoedas e tokens de grande capitalização.

Fonte: Sludgefeed

Siga-nos nas redes sociais
Canal no Telegram Siga-nos no Facebook Acompanhe nosso Twitter Siga-nos no Instaram
Artigo anterior

A Blockchain é a solução para o fim das fraudes eleitorais

Próximo artigo

Hackers atacam o porto de San Diego nos EUA com ransomware e exigem bitcoin

Nenhum Comentário

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.