Upbit Exchange retoma serviços após um hack de US$ 49 milhões

Upbit Exchange retoma serviços após um hack de US$ 49 milhões

A exchange anunciou recentemente que, após uma atualização em seu sistema de segurança de carteira, a plataforma poderá mais uma vez oferecer suporte a depósitos e saques de ETH. Um tweet indicava que os serviços estavam disponíveis logo após as 09:00 UTC de segunda-feira.

Os traders precisarão criar um novo endereço de carteira, no qual a ETH mantida na exchange será automaticamente depositada, disse a empresa.

Em 26 de novembro, a Upbit confirmou que uma “transação anormal” resultou na perda de mais de 342.000 ETH de sua carteira quente, que na época valia aproximadamente US$ 49 milhões.

A exchange transferiu todos os ativos digitais restantes para o armazenamento a frio como precaução. Embora os fundos dos usuários não tenham sido afetados, o CEO Lee Seok-woo disse em um comunicado após o ataque que o Upbit suspenderia temporariamente todas as funções de negociação.

Upbit Exchange retoma serviços após um hack de US$ 49 milhões
Upbit Exchange retoma serviços após um hack de US$ 49 milhões.

Dias depois, os hackers dividiram o ETH roubado entre vários endereços de carteira. Um analista sugeriu que o grupo pode estar enviando pequenas quantias de testes por meio da exchange rival Huobi para tentar lavar os fundos.

Em seu anúncio, a Upbit solicitou que os usuários excluíssem seus endereços anteriores, reiterando que as carteiras criadas antes do hack não poderiam ser usadas: “A recuperação do ETH enviada para o endereço anterior a partir de agora pode ser um processo longo e caro”, alertou a exchange.

Traduzido e adaptado de: coindesk.com

Compartilhe este post

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.