Funcionário utiliza Usina Nuclear para minerar criptomoedas

Ladrão arrisca segredos de estado usando usina nuclear para minerar criptomoedas

As pessoas farão de tudo para colocar as mãos naquela doce criptomoeda, incluindo, talvez uma das mais audaciosas até o momento, usar áreas secretas em uma usina nuclear para esconder e alimentar máquinas de mineração.

De acordo com um caso no tribunal, uma pessoa com acesso de alto nível a partes da Usina Nuclear do Sul da Ucrânia colocou máquinas de mineração em um dos prédios administrativos da usina e sugou eletricidade da rede local.

A rede de mineração criada pelo indivíduo estava conectada à intranet da usina nuclear. Como resultado, as autoridades acreditam que o esquema comprometeu os acordos de segurança do site, que são considerados um segredo de Estado.

Em 10 de julho, autoridades invadiram o prédio administrativo e apreenderam equipamentos de informática, incluindo seis placas gráficas AMD Radeon RX470, risers PCI, fontes de alimentação, coolers, uma placa-mãe, uma unidade flash USB e um disco rígido. O quadro no qual todo o hardware de mineração foi montado também foi removido, segundo notícias locais.

Ladrão arrisca segredos de estado usando usina nuclear para minerar criptomoedas
Funcionário arrisca segredos de estado usando usina nuclear para minerar criptomoedas.

Dada a natureza da usina, o equipamento de computação externo não é autorizado para uso na instalação nuclear.

Como era uma seleção de GPUs apreendidas, é improvável que o minerador oportunista estivesse minerando o Bitcoin. É muito mais provável que eles estivessem procurando obter algumas altcoins resistentes ao ASIC. No entanto, os relatórios não esclareceram o que ou quantas criptomoedas foram mineradas.

Apesar do hardware especializado e da configuração complexa exigida, a criptomoeda de mineração é uma equação bastante simples. Os mineradores precisam ter certeza de que seus custos operacionais não excedam o ganho potencial das moedas digitais mineradas. Isso significa equilibrar o custo do hardware com o custo da eletricidade, e eletricidade livre significa mais lucro.

Esta não é a primeira vez que vemos pessoas com fome de criptomoedas roubando eletricidade de instalações do governo.

No ano passado, um homem chinês foi preso por roubar eletricidade de uma subestação ferroviária para abastecer suas plataformas de mineração de criptomoedas ilegal. Ele conseguiu economizar quase US$ 15.000 em eletricidade ao fazer isso. Quanta eletricidade a mineradora da Ucrânia roubou não foi divulgada.

Traduzido e adaptado de: thenextweb.com

Deixe um comentário