Venezuela consegue seu primeiro caixa eletrônico Bitcoin

Venezuela consegue seu primeiro caixa eletrônico Bitcoin

A Venezuela finalmente conseguiu seu primeiro caixa eletrônico Bitcoin. O país testemunhou um volume bastante alto de negociação de Bitcoin e, apesar disso, o lançamento do Bitcoin ATM levou vários anos. a empresa latino-americana PandaBTM instalou um ATM em San Antonio del Táchira. A máquina está localizada dentro de uma pequena loja de conveniência, chamada Viajes e Inversiones HC (HC de Viagens e Investimentos), ao lado da estrada principal em direção à Colômbia.

Banco da Venezuela abre registro para Petro

O Banco da Venezuela está prestes a se tornar a primeira instituição financeira do país a oferecer a seus clientes a opção de realizar operações em moeda fiduciária e criptomoeda. No momento, embora os clientes bancários pareçam ter apenas a opção de registrar uma carteira Petro, as contas também têm um menu suspenso convidando os usuários a “escolherem o tipo de criptomoeda” que desejam registrar.

Venezuela consegue seu primeiro caixa eletrônico Bitcoin
Venezuela consegue seu primeiro caixa eletrônico Bitcoin.

Embora não tenha havido um anúncio oficial feito pelo banco, atualmente a opção está ativa nas contas dos clientes. No momento, os usuários só podem transferir Petros usando a carteira oficial da Web e negociar esses tokens em exchanges autorizadas, como Amberes e Bancar.

Outros esforços para expandir o ecossistema de criptomoedas na Venezuela incluem uma parceria recente entre a PundiX e a Traki, a maior cadeia de varejo da Venezuela.

Traki é talvez o negócio mais importante da Venezuela envolvido em criptomoeda. Foi o primeiro grande varejista venezuelano a aceitar criptomoedas como pagamento e também uma das primeiras empresas a aceitar a moeda digital estatal, a Petro.

Traduzido e adaptado de: bitcoinexchangeguide.com

Deixe um comentário