Conheça a Byebnk: Startup de Educação e Investimento em Criptos

Byebnk

Hoje com 6 sócios, a Byebnk surgiu em 2015 com os sócios Israel Guerra, Michel Boaventura e Theo Lamounier. Israel e Michel são Mestres em Ciência da Computação pela UFMG enquanto o Theo é especialista em Direito Bancário. Em 2018 o sócio Luis Martins, também Mestre em Ciência da Computação pela UFMG passa a integrar o board da empresa. No final de 2019, chegam os sócios Rodrigo Carneiro, CEO e Sócio da 98Live e de Bruno Capelão, especialista em finanças pela IBMEC. Com esse super time a Byebnk vêm se consolidando no mercado de investimentos e de educação para investimentos.

Logo ao acessar o site da Byebnk, você repara que o foco é a Educação e a Rentabilidade. Embora exista uma plataforma de gestão de ativos criptográficos, e um bom histórico de rentabilidade, a Byebnk foca muito em ensinar o usuário sobre o mercado, antes de tentar captá-lo como cliente. Isso é muito valioso.

Pequena, mas expressiva!

Embora a Byebnk tenha surgido há algum tempo, ela conta com um pouco mais de 1300 contas na plataforma, sendo um pouco mais de 1/3 delas ativas e operando. Parece um número pequeno, mas já possuem a gestão de mais de 6 milhões de reais em ativos em sua plataforma.

Isso mostra amadurecimento e estabilidade. Duas palavras que todo investidor gosta de ouvir ao conhecer novas oportunidades.

Motivação

Em entrevista ao Portal 99Cripto, Lamounier conta um pouco sobre a motivação da abertura da Byebnk:

“Acreditávamos que o mercado era inacessível, injusto e excludente. Vimos nas criptomoedas e na tecnologia blockchain uma forma de mudar esse padrão.”

E, embora tenhamos muitas iniciativas interessantes no Brasil, que visam ajudar na evolução deste mercado, a Comissão de Valores Mobiliários (CVM) que regula o setor de investimentos no Brasil, ainda não reconhece o setor de criptomoedas e por isso ainda não o regula de forma ativa.

Esse atraso da CVM tem boicotado diversas iniciativas no Brasil. Em vários outros países, diversas iniciativas inovadoras são atrasadas pela falta de regulamentação do setor. Essa é uma briga antiga e que ainda está longe de ser vencida.

Rentabilidade

Ao acessar a página de rentabilidade da Byebnk, você é tomado de entusiasmo. Os números são muito positivos e acima da média de qualquer investimento tradicional no mercado. Mas não tem pegadinha, a média anual de quem investe em criptomoedas têm sido muito positiva nos últimos 2 anos. O que mostra que este tipo de ativo vem se valorizando cada vez mais.

Assim como outros ativos, a Byebnk também sofreu perdas no início da pandemia. Todo o mercado parecia colapsar naquele período. Quem investia somente em Bitcoin (BTC) viu uma desvalorização récord. Mas na Byebnk esse período foi menos nebuloso, já que os ativos são distribuídos em diversas altcoins e não só em BTC.

Em 2020 a IBOVESPA amarga uma queda de -14.17%, até o momento em que este artigo é escrito. Nesse mesmo período, o BTC valorizou 131.81% e o fundo administrado pela Byebnk cresceu 159%.

Byebnk

Promessas

O que mais me passou credibilidade ao conhecer a Byebnk, é que em momento algum eles te prometem lucro ou rentabilidade crescente. Quem é do meio, sabe que investimento em criptomoedas é um investimento de alto risco.

E a Byebnk tem sempre um link por perto para te levar para a sessão de Educação e ensinar para os novatos, um pouco mais sobre o mercado. Esse tipo de atitude prova que a empresa está mais focada em educar do que vender.

Como já dissemos em diversos posts, corra sem olhar para trás quando encontrar uma empresa que te ofereça lucro fixo ou variável garantido em criptomoedas. Não é assim que esse mercado funciona e nunca vai ser. No site da Byebnk está claro que o risco é seu e que o investimento deve ser feito com consciência.

O Futuro

Em entrevista, o sócio Theo Lamounier falou um pouco sobre a expansão e o futuro da Byebnk:

“Nossa estratégia é 100% focada na educação, através do canal Byebnk no Youtube e através da minha coluna nas mídias da 98Live. Marketing agressivo na área de investimentos, a nosso sentir, não leva o investidor a tomar as melhores decisões nem a investir pelos motivos certos. Assim, a Byebnk quer ganhar relevância e autoridade como educadora da nova economia e, como consequência, crescer a empresa de gestão de ativos digitais.”

Conclusão

Diversos leitores nos procuraram solicitando uma análise da Byebnk, pois estavam receosos. Nós já fizemos diversos alertas sobre os riscos de se investir em plataformas que são verdadeiras furadas aqui e aqui.

No caso da Byebnk, a plataforma parece bem interessante. A rentabilidade está próxima da média geral e o foco em educação nos deixa um pouco mais tranquilos. Não existem promessas absurdas ou exageradas e o time por trás da empresa nos dá um pouco de tranquilidade de que o que eles oferecem tem uma base técnica e racional.

Investir em criptomoedas é investir em um mercado de risco. Tenha sempre isso em mente. Nunca comprometa seu orçamento ou suas reservas com investimentos de risco. Invista sempre o capital que está disposto a comprometer e que não te levará a falência se o mercado cair. Seguindo essas diretrizes você se resguarda em qualquer mercado, inclusive no de criptomoedas.

Compartilhe este post

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *