Fed injeta dinheiro na economia equivalente a mercado de criptos

EUA fez com que o mercado de criptos parecesse ainda menor

A oferta de recompra do governo dos EUA fez com que o mercado de criptos parecesse ainda menor. De fato, são trilhões de dólares que serão movimentados até o fim de março, mostrando a insignificância do mercado de criptos, quando comparado às economias globais.

No dia 20 de março, o Federal Reserve Bank de Nova York afirmou que estenderá seus acordos de recompra para US$ 1 trilhão. As operações deverão ocorrer até o fim deste mês.

O acordo de recompra, no entanto, é o processo em que bancos enviam garantias de alta qualidade almejando reservas do Fed. O dinheiro adquirido pelos bancos são utilizados para dar suporte a suas operações financeiras no curto prazo.

Fed continua com injeção de dinheiro na economia

Depois das ultimas semanas de queda em todas as bolsas do mundo, o Fed continuou a injetar dinheiro na economia. O sistema financeiro contou com US$ 168 bilhões somente do Federal Reserve Bank, inicialmente. No entanto, mesmo sendo uma boa quantia em dinheiro, o CEO da Wilshire Phoenix disse ser uma quantia irrisória.

EUA fez com que o mercado de criptos parecesse ainda menor

Além disso, segundo ele, essa atitude é equivalente a tentar parar um trem com uma moeda de um centavo. Mesmo que ela esteja bem posicionada, o trem continuará seu percurso normalmente. Dessa forma, não podemos esperar que essas ações promovidas pelo Fed resolvam o estado de calamidade em que a economia se encontra.

No entanto, no dia 17 de março, o Fed iniciou sua tarefa de injetar US$ 1 trilhão por dia na economia, valor este que pode fazer muita diferença  (tanto positiva quanto negativa) no cenário econômico. Essa ação iria durar apenas uma semana, mas houve a ampliação até abril.

Anthony Pompliano, co-fundador da Morgan Creek Digital, em post realizado no Twitter, apontou que talvez as injeções de dinheiro não parem por ai. De fato, em um momento anterior, Pompliano disse que haveria mais atitudes como essa por parte do Fed, o que se mostrou verdade neste momento. Agora está dizendo que se trata do início de novas medidas emergenciais, podendo haver ainda mais ampliações.

O tímido mercado de criptos

Mesmo com a popularidade do Bitcoin e sua vasta aplicação ao redor do mundo, o mercado de criptos não atingiu US$ 1 trilhão nem mesmo em seu auge. Isso significa que nem mesmo em 2018, quando todos estavam de olho nos criptoativos, o acúmulo de valor ultrapassou o que o Fed injeta por dia na economia.

O Auge do mercado de criptos ficou em US$ 0.8 trilhões, e só ocorreu devido ao grande hype de 2018. No entanto, como foi informado acima, o Fed injeta US$ 1 trilhão por dia na economia diariamente, e prosseguirá com isso até o fim de março.

Com esse valor entrando na economia, com certeza teremos efeitos no criptomercado, podendo acarretar quedas em seu volume, dado que o mercado de ações, no curto prazo, poderá se tornar atrativo. No entanto, esse injeção de capital tem efeitos negativos no longo prazo, o que significa valorização do mercado de criptos no futuro.

Mas o que de fato irá acontecer está longe de ser conhecido, pois estamos em um estado de alta volatilidade e de incertezas.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário