Eleição de Biden seria boa para Bitcoin, ruim para DeFi

Eleição de Biden seria boa para Bitcoin, ruim para DeFi

O último boletim informativo da Bloomberg afirma que a eleição de Joe Biden como presidente dos Estados Unidos traria uma maior adoção do Bitcoin (BTC), incluindo uma possível aprovação de fundos negociados em exchanges. Além disso, referiu-se às políticas da administração do presidente Donald Trump com relação à criptomoedas como “mãos livres”:

“Uma possível presidência de Joe Biden deve ajudar em favor de uma valorização adicional do preço do Bitcoin, em nossa opinião. A nova liderança pode mudar a política de intervenção da administração Trump – em detrimento do mercado de criptomoedas mais amplo – e empurrar o benchmark primogênito para o mainstream, aumentando as chances de um ETF.”

Considerando que ontem o Departamento de Justiça publicou “Criptomoeda: uma estrutura de fiscalização” de 70 páginas, o boletim provavelmente foi escrito antes disso.

Além disso, é afirmado que as mesmas forças impediriam o crescimento do DeFi. Ambas as conclusões são baseadas na suposição de que uma “varredura democrática” potencialmente permitiria maior clareza regulatória para o espaço criptográfico. O espaço DeFi explodiu este ano em um ambiente completamente desregulado. Não é coincidência que os perpetradores por trás do hack do KuCoin tenham lavado seus lucros ilícitos por meio da maior exchange descentralizada, Uniswap.

Bloomberg afirma que, independentemente do resultado da eleição, “o preço do Bitcoin continuará subindo, não importa quem seja eleito presidente, mas em um ritmo moderado”. Ademais, também conclui que se o preço do Bitcoin continuar a crescer durante o próximo mandato presidencial, mesmo pela metade do ritmo que desfrutou de 2016 a 2020, ele alcançaria $80.000 em 2024:

“Tendências aparentemente incontroláveis ​​na dívida dos EUA em relação ao PIB, flexibilização quantitativa (QE) e o aumento da taxa de hash do Bitcoin indicam um preço criptográfico mais provável de continuar avançando durante a próxima administração presidencial, em nossa opinião. Cerca de metade do ganho de 1.400% desde a votação de 2016 levaria o preço do Bitcoin para US$ 80.000 em 2024.”

Ontem, a Square anunciou que adquiriu US$ 50 milhões em Bitcoin, o que significa um aumento na adoção do ativo pelo setor corporativo.

Veja mais em: Criptomoedas | Notícias

Compartilhe este post

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário