Kaspersky lança plataforma de votação baseada em blockchain

A Kaspersky Lab introduziu uma plataforma de votação baseada em blockchain projetada para proteger a votação online contra adulterações.

Desenvolvido pela Incubadora de Empresas do Kaspersky Lab, o Polys é uma plataforma de votação on-line personalizável para organizações, empresas e comunidades não comerciais que usa a tecnologia blockchain para protegê-lo por meio de algoritmos de criptografia transparentes.A votação online atrai muitos aspectos da sociedade moderna, como comunidades espalhadas geograficamente, ou universidades progressistas que querem ouvir as vozes de seus alunos. Também atrai as ONGs globais e os municípios que buscam o envolvimento dos cidadãos na tomada de decisões em um bairro ou em toda uma cidade.

Vartan Minasyan, diretor de Investimento e Inovação da Kaspersky Lab, disse que a Incubadora de Negócios da Kaspersky Lab está empenhada em apoiar equipes internas e externas no desenvolvimento de ideias e tecnologias brilhantes, que podem ser implementadas em várias áreas onde a segurança é importante. “Uma dessas áreas é a votação on-line e, ao explorar as possíveis implementações da blockchain, nossa equipe percebeu que essa tecnologia combinada com a experiência em segurança cibernética da empresa e poderia resolver os principais problemas relacionados à privacidade, transparência e segurança do voto on-line”, acrescentou Minasyan.

O Polys é baseado em contratos inteligentes no Ethereum, o que permite que a verificação de cédulas e os resultados dos votos sejam realizados de maneira descentralizada. O principal benefício é que, devido à natureza descentralizada da blockchain, a precisão da execução da votação pode ser verificada pelos participantes da rede. Todos os dados de votação são armazenados não em servidores, mas em blocos de informações nos computadores de todos os participantes da rede: para apagá-los, um hacker teria que violar todos os computadores e obter acesso aos conjuntos individuais de dados. Blockchain também permite que um eleitor verifique facilmente se o seu voto foi registrado corretamente e qualquer adulteração de votos se tornará automaticamente evidente. A transparência blockchain facilita o monitoramento de votos e a conclusão de auditorias de voto por partes independentes. Também não requer recursos extras nem a necessidade de presença física de pessoal.

Além disso, dentro do sistema de votação Polys, o voto é criptografado e armazenado em backups com algoritmos matemáticos. Isso ajuda a garantir o anonimato, oculta resultados intermediários e executa cálculos nos dados criptografados, algo que não pode ser feito em outros sistemas blockchain devido à sua natureza distribuída e aberta.

O código fonte do Polys estará disponível publicamente no GitHub, permitindo que qualquer um teste, verifique e explore a tecnologia por trás dele. Além da plataforma personalizada, há também um serviço Freemium pronto para uso que está disponível para todos.

Compartilhe este post

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário