A criptomoeda governamental venezuelana, Petro, começará hoje a fazer parte das moedas autorizadas que podem ser usadas na compra de passagens aéreas para voos nacionais e internacionais nas companhias aéreas venezuelanas, informou o superintendente da Crypto-assets and Venezuelan Related Activities (Supcaven), Carlos Vargas através da sua conta no twitter.

“As companhias aéreas estão autorizadas a cobrar passagens aéreas de voos nacionais e internacionais com Petro e outras criptomoedas”, escreveu Vargas em sua conta no Twitter.

O superintendente  acrescentou que o combustível venezuelano vendido em vários territórios do país, perto da fronteira com a Colômbia, também será vendido em Petros.


Depois que a criptomoeda venezuelana começou a operar em 20 de fevereiro, o presidente Nicolás Maduro autorizou seu uso em várias transações comerciais.

Além dos serviços de petróleo e linhas aéreas, Maduro orientou que todas as caixas de poupança do país integrasse seus sistemas com a criptomoeda e que fosse também permitido a compra da mesma para colaborar com os benefícios de seus trabalhadores.

Além disso, o chefe de Estado ordenou a elaboração de um manual para o pagamento de serviços turísticos na Venezuela através de moedas digitais, a fim de contribuir com o aumento da circulação das moedas e estimular a economia.

___________________________________
Siga-nos em nossas redes sociais:
Facebook: https://www.facebook.com/99cripto
Telegram: http://telegram.me/cripto99br
Twitter: https://twitter.com/99Cripto

Deixe um comentário